demissão de Guto - 12/11/2017 10:13

D'Ale diz que demissão de Guto é “triste” e ressalta parcela de culpa dos jogadores

Capitão do Inter admitiu atuação ruim no empate com Vila Nova
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
D´Alessandro falou em situação triste após queda de Guto Ferreira | Foto: Felipe Nabinger / Rádio Guaíba / Especial CP

Após o vice de futebol Roberto Melo fazer o anúncio e o presidente Marcelo Medeiros se pronunciar, foi a vez de D'Alessandro falar sobre a queda de Guto Ferreira. O capitão colorado afirmou que a saída do treinador é um momento triste para o clube e disse que os jogadores também são culpados pela queda de rendimento que gerou a segunda troca no comando técnico na temporada.

“A situação do treinador é triste porque quando cai o treinador tem uma porcentagem de culpa nossa. A maior parte é nossa, é de cada um de nós. Somos nós que jogamos, em uma bola parada nos desconcentramos e fizemos com que o adversário fizesse o gol. Obviamente, ele tem sua parcela, não podemos mentir, mas a maior é nossa. Quando cai o técnico é porque nós não fizemos o que deveríamos fazer”, disse D'Alessandro na zona mista do Beira-Rio.

Sobre a atuação do Inter no empate com o Vila Nova, D'Alessandro admitiu que o time não jogou bem e não mereceu vencer os goianos. “A gente não ajudou porque não fez um bom jogo e não mereceu ganhar. A partir daí é reconhecer que o nosso trabalho é difícil. Nós tínhamos que subir hoje. É triste, mas, pelo que a gente fez no campeonato, tem uma outra chance terça de conseguir o acesso com o empate. É manter a cabeça no lugar e tentar conseguir o acesso de qualquer jeito na terça-feira”, afirmou.

“Fizemos 20 ou 25 minutos bons no começo do primeiro tempo. Depois do gol tivemos uma queda, demos terreno, espaço e a bola para o adversário. No segundo tempo tomamos um gol inexplicável. Foi um gol que o cara nem quis chutar. É a nossa fase, a fase que não ajuda e nós não ajudamos também. Não merecemos ganhar”, admitiu.

D'Alessandro levou o terceiro cartão amarelo diante do Vila Nova neste sábado e está suspenso do jogo com o Oeste na terça-feira. Ainda assim, ele disse que pretende viajar com a delegação para Barueri. “Não sei como vai ser, a gente ainda vai ter um treino amanhã. Se puder, eu quero ir junto. É hora de estamos juntos”, disse o argentino.
Fonte: Correio do Povo
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...