Evento Tradicional - 05/01/2017 10:35 (atualizado em 05/01/2017 10:49)

Iraceminha realiza 8ª Festa da Uva e do Vinho Doce

Novidade deste ano é o chope de uva, produzido por uma empresa de Chapecó.
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Nelcir Dall'Agnol / WH Comunicações 

A 8ª Festa da Uva e do Vinho Doce ocorre no próximo dia 15 no Distrito de São José do Laranjal, Iraceminha. O técnico agrícola da Epagri do município de Iraceminha Jair Luís Galon, diz que a festa já tradicional. “Ela é realizada a cada dois anos no distrito, organização está praticamente tudo pronto para está grande festa”, diz Galon.

Tudo começa, às 8h, com café da manhã típico italiano na propriedade de Arcangelo Ghisleri. Após o café os presentes vão ter a oportunidade de colher uva no parreiral da propriedade. Depois da colheita Galon explica como será a sequencia da programação. “Depois de colhido a uva vamos em carreata até o local da festa onde haverá demonstração da produção do vinho, desde o modo mais antigo até as modernas maquinas atuais. Em seguida vai ter a abertura oficial que antecede o almoço. Será servido duas opções de cardápio: o típico italiano e churrasco, é só escolher. Durante o meio dia a animação vai ser dos Irmãos Grando, por volta das 14h matinê com Banda Universitária e mais tarde o Grupo Chama anima o mate baile”, explica.  

Para Galon a festa existe pelo destaque que o município tem na produção de uvas. Em Iraceminha as variedades mais produzidas são 'concordia' conhecida também por uva francesa, bordô, e Niágara branca e rosa. “Regionalmente sim é destaque eu diria até a nível estadual, por conta disso o acesso é asfaltado. Atualmente 44 famílias trabalham com a uva, aproximadamente 80 hectares cultivados e se espara uma colheita de aproximadamente 700 toneladas o que vai representar um movimento financeiro de R$1,2 milhões com a cultura da uva”, projeta Galon.  

De acordo com o técnico agrícola, os primeiros parreirais estão plantados há mais de 20 anos. A iniciativa se deu por causa do retorno dos agricultores que haviam saídos do distrito, para trabalhar em produtores da serra gaúcha. Na volta implantaram o que aprenderam nos vinhedos gaúchos. No domingo da festa vai ter degustação de vinho e uva durante todo o dia. A novidade deste ano é o chope de uva, produzido por uma empresa de Chapecó. 
Fonte: Líder FM / Nelcir Dall'Agnol / WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...