PREOCUPANTE - 30/05/2018 08:59 (atualizado em 30/05/2018 09:22)

Secretária da Educação de Maravilha diz que pode haver mudanças em relação às aulas se a greve dos caminhoneiros continuar

Se a situação da greve permanecer, será preciso estudar a disponibilidade de pelo menos duas creches-plantão
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

A secretária de Educação, Roseméri da Silva, falou para a reportagem do grupo WH Comunicações, na tarde de terça-feira (29), sobre sua preocupação em relação à continuidade das aulas no município em virtude dos efeitos da greve dos caminhoneiros. Nesta quarta-feira (30) tem aula normalmente, quinta-feira (31) é feriado e sexta-feira (1º) foi decretado ponto facultativo. “A maior preocupação é o gás de cozinha, transporte e alimentação”, ressalta. 

Roseméri acredita que se a situação da greve permanecer, será preciso estudar a disponibilidade de pelo menos duas creches-plantão. “Eu ainda não sei quais, pois precisamos fazer um estudo de quais escolas ficam mais perto dos alunos.”, ressalta. Ela está preocupada também em relação aos 200 dias letivos, que é obrigado fornecer para os alunos durante o ano. “Estamos acompanhando dia após dia o avanço das negociações para tentar manter a normalidade mínima”, finaliza.

Fonte: Rádio Líder FM/ Nelcir Dall'Agnol/WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...