Prevenção - 08/06/2018 10:31 (atualizado em 08/06/2018 10:42)

Corpo de Bombeiros Militar de Maravilha alerta sobre o manuseio de artefatos explosivos

Recomendação é que o manuseio deve ser realizado por profissionais
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

Tenente João Emiliano de Moura Silva Miranda do Corpo de Bombeiros Militar em Maravilha

O Corpo de Bombeiros Militar de Maravilha alerta sobre o manuseio de artefatos explosivos, principalmente agora no mês de junho, época de festas juninas. Na semana passada, um jovem morreu ao lidar com este tipo de material. Conforme dados do Corpo de Bombeiros Militar, uma em cada 10 pessoas que lidam com este tipo de material tem o membro amputado. Geralmente dedos ou mãos. Neste sentido, o tenente João Emiliano de Moura Silva Miranda, do Corpo de Bombeiros Militar de Maravilha, alerta aos usuários. 
“A recomendação é para não manusear artefatos explosivos. Deixe para profissionais. Lembrando que a pessoa estará se colocando numa situação de alto risco. E se a pessoa optar lidar com produtos explosivos, deve usar material somente com origem conhecida”, ressalta Moura. 
Com relação à venda do produto, no Brasil não é proibido o comércio. O consumidor deve ter acima de 18 anos para comprá-lo. Já os estabelecimentos comerciais devem seguir normas rígidas para exercer a atividade, principalmente no armazenamento do produto explosivo. A prática sem o atestado do bombeiro e alvará da prefeitura para a comercialização, cabe notificação e multa. O tenente Moura comenta os procedimentos em caso de venda ilegal. 
“Em Maravilha somente dois estabelecimentos comerciais estão autorizados a comercializar o produto. Caso o cidadão identifica a venda em lugares não autorizados, deve ligar ao Corpo de Bombeiros que iremos realizar a vistoria no local e notificar o proprietário a respeito da irregularidade”, frisa. 

RECOMENDAÇÕES DO CBMSC:

- Deixe os fogos de artifício para os profissionais. A maneira mais segura de aproveitar os fogos é assistir a uma queima pública, conduzida por pessoas treinadas
- Pessoas leigas e, principalmente, as crianças nunca devem tocar ou recolher, depois de qualquer apresentação os fogos que restarem. Estes ainda podem estar ativos
Caso apesar da advertência você ainda insista em utilizar fogos de artifício, leia algumas instruções de segurança:
  - Lembre-se: é uma atividade de risco. A possibilidade de um acidente grave existe e você está se submetendo a ela por vontade própria
 - Use SOMENTE produtos de qualidade reconhecida e siga EXATAMENTE as instruções do fabricante que constam na embalagem. Se estas informações não estiverem claras, há indícios do produto ser clandestino – o que aumenta o risco de acidente
- Não manuseie após ingerir bebidas alcoólicas e, se possível, não permita que alguém nessas condições o faça
 - Não solte fogos em lugares fechados, perto de hospitais, sob copas de árvores ou na proximidade das linhas de transmissão de energia elétrica. Prefira locais amplos, longe de edificações e vegetação
- A distância para explodir os fogos com segurança é de, no mínimo, 30 a 50 metros. Mantenha as pessoas afastadas
- Não aponte para ambiente com pessoas
- Mantenha fora do alcance de crianças
- Se os fogos não estourarem, não tentar reaproveitá-los
- Mantenha um recipiente com água próximo do local para o caso de uma emergência
- Quando mais pólvora, maior é a periculosidade e potência do artefato. Atente para esta condição quando for armazenar ou manuseá-lo
E, por último, antes de ignorar quaisquer das orientações acima, pense nas consequências de um acidente para você e as pessoas que estima. 


Fonte: Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...