Alistamento Militar - 09/07/2018 10:22 (atualizado em 09/07/2018 11:40)

Mais de 170 jovens fazem o Alistamento Militar em Maravilha

A maioria se alistou pelo site. A próxima etapa é a seleção geral
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Divulgação

Em Maravilha 172 jovens fizeram o Alistamento Militar, segundo informações do delegado de Serviço Militar, primeiro-tenente Airton Ferreira de Andrade. Dois a mais que no ano passado. Esse total inclui os candidatos que se inscreveram após o prazo de 2017. Com relação a 2018, 154 alistamentos foram realizados de janeiro até 30 de junho no município de Maravilha. Desse total, 137 pessoas fizeram o documento on-line, conforme o tenente Andrade. 
“Esse número é quase a totalidade dos inscritos. Então é um bom sinal, que os jovens estão procurando o site para o alistamento. É uma ferramenta que veio para facilitar a vida do cidadão, não sendo mais necessário ele comparecer na Junta de Serviço Militar, deixando de perder um dia de trabalho”, destaca o tenente Andrade. 
No site, o candidato pode acompanhar todas as etapas do alistamento. Em caso de dúvida, o jovem pode procurar a Junta de Serviço Militar. 

Próxima etapa 
O próximo passo do Alistamento Militar é a seleção geral. Esta data está marcada para 27 e 28 de agosto no Salão Paroquial de Maravilha. Uma equipe do 14º RCMEC estará no local com médico, dentista e entrevistas para fazer a seleção geral para concorrer ao ingresso nas Forças Armadas. Conforme o tenente Andrade, alguns serão dispensados nesta etapa. É importante levar documentos pessoais neste dia. “Caso o candidato falte da seleção, estará em débito com o serviço militar”, frisa Andrade. 

Débito com o Serviço Militar 

O cidadão estará em débito com o serviço militar no caso de faltar no dia da seleção geral e deixar de fazer o alistamento. Se o jovem não se alistou dentro do prazo, 30 de junho, ainda pode fazer o documento. Neste caso, devido ao atraso, ele deve comparecer na Junta de Serviço Militar do município e pagar uma multa de R$ 4,20. Assim estará concorrendo às vagas para o ingresso no Exército Brasileiro do próximo ano. 
Se permanecer em débito com o serviço militar, o cidadão não consegue tirar o passaporte e documentos pessoais, vai dificultar a contratação nas empresas, não consegue assumir cargo público, nem ingressar na universidade. 

Fonte: Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...