medicina e saúde - 07/07/2018 08:47 (atualizado em 09/07/2018 08:16)

"Medicina e Saúde" discute a importância do farmacêutico nas farmácias

O Programa recebeu, no sábado (7), a farmacêutica Marina Spessato
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Camila Pompeo/103FM
Ao ingressar em uma farmácia ou drogaria, é incomum, porém importante, o cliente atentar se o atendimento é realizado por um farmacêutico ou por um balconista. O farmacêutico é um profissional altamente qualificado, com conhecimento técnico/científico e habilidades para a promoção da saúde na sociedade. Embora diversos balconistas tenham anos de experiência, os farmacêuticos possuem a base científica que os atendentes não dispõem.
O farmacêutico é também um profissional habilitado para indicar um medicamento para uma doença recorrente, assim como alguns analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios, fitoterápicos e até o uso de plantas medicinais.
É importante lembrar que, em meio aos profissionais da saúde, o farmacêutico é o mais acessível à população. Ao entrar em uma farmácia, dificilmente o cliente se deparará com longas filas como as encontradas nos hospitais públicos. O farmacêutico não cobra consulta e está disponível nas farmácias e nas drogarias para que o paciente receba o medicamento adequado a sua necessidade, na dose correta, durante o tempo necessário e no menor custo possível.
Pela importância do profissional, o Programa Medicina e Saúde da 103 FM de sábado (7) recebeu a farmacêutica Marina Spessato. 
O programa é apresentado pelo médico urologista Geovani Delevati, todos os sábados, a partir das 8h, pelas emissoras de rádio do Grupo WH Comunicações. Os ouvintes podem participar do programa com perguntas pelo telefone 3621 0103 ou pelas redes sociais.
VEJA MAIS IMAGENS
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...