Trânsito - 18/06/2014 13:08 (atualizado em 18/06/2014 13:32)

Doze horas depois de comprar um carro, jovem morre em acidente dentro do próprio veículo no Norte de SC

Caminhão tomba em cima de veículo e mata duas pessoas em Campo Alegre, Norte do Estado
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
A colisão entre os dois veículos na SC-418 foi frontal, o caminhão estava carregado de frios (Foto: Jornal A Gazeta - São Bento do Sul/ Divulgação)
A felicidade com o carro novo durou apenas uma noite para José Fernando da Conceição Ferreira, de 20 anos. Doze horas depois de comprar e pagar o veículo, o jovem morreu em um acidente dentro do próprio Gol na manhã desta quarta-feira. O carro dele foi esmagado por um caminhão no km 45090 da Rodovia SC 418, em Campo Alegre, região Norte de Santa Catarina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão se perdeu ao tentar frear e invadiu a pista contrária, batendo de frente com o veículo. O passageiro do Gol ainda não foi identificado e o caminhoneiro foi levado para o hospital de São Bento do Sul em estado estável.

— A gente fechou negócio ontem à noite e combinou de fazer a transferência do carro hoje (quarta) de manhã, em São Bento do Sul — explica o ex-proprietário do Gol, Alcemir de Jesus Carvalho.

O carro foi vendido por R$ 6.500. Para fechar o negócio, a vítima havia dado uma moto e dinheiro na troca.

Depois do acidente, restaram apenas os destroços do carro. Não fossem as calotas do veículo em cima do guincho, seria praticamente impossível dizer que aquelas peças davam vida a um carro a menos de uma hora.

Comparado ao estrago que o acidente causou - duas vidas foram tiradas de forma trágica - o caminhão teve poucos estragos. Apenas uma lateral do baú rompeu no momento do tombo. 

Para evitar que a carga de laticínios fosse roubada, funcionários da empresa responsável pelo caminhão e material foram acionados para recuperá-las.

Os moradores da região ficaram impressionados com a situação do carro, mas afirmaram que é comum ocorrer acidentes na rodovia SC-418 por conta da velocidade dos veículos.

— Nós já pedimos uma lombada e fizemos abaixo-assinado, mas até agora nada. De vez em quanto a gente escuta o barulho de uma batida  — fala o morador Estanislau Kuioslu.

Para evitar acidentes, principalmente em dias de chuva e de cerração, a PRF orienta que os motoristas respeitem a sinalização, a velocidade permitida e redobrem a atenção.

Fonte: G1
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3