Quatro anos para construção - 11/01/2017 07:37

Ponte em SC é interditada menos de um mês após inauguração

Prefeito diz que Ponte do Vale será fechada por falta de segurança. Obra foi inaugurada após quatro anos de obras, mas não está finalizada.
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

Uma ponte que levou quatro anos para ficar pronta em Gaspar, no Vale do Itajaí, e foi inaugurada há menos de um mês, será interditada nesta quarta-feira (11). Durante os 19 dias em que esteve liberada, proporcionou melhorias no trânsito, que ficou menos movimentado e deixou o caminho dos motoristas mais curto.

A Ponte do Vale liga a BR-470 à rodovia estadual Jorge Lacerda, um dos principais acessos do Vale do Itajaí à BR- 101. No entanto, o prefeito resolveu interditar o local.

"Não há nenhum problema estrutural na ponte. Precisa fazer obra de acabamento. Tudo o que falta para terminar, ressalto, é a questão das juntas de dilatação e a prova de carga da ponte. São questões que são imprescindíveis para a conclusão e a liberação para o tráfego de veículos, além, claro, da sinalização adequada", explicou o prefeito Kleber Wan-dall.

Em uma calçada, a reportagem da RBS TV flagrou um buraco grande (Foto: Reprodução/RBS TV)

Limitações

A ponte foi inaugurada em dezembro do ano passado, embora não estivesse concluída. Em uma calçada, a reportagem da RBS TV flagrou um buraco grande, que ameaça a segurança de pedestres, motoristas e ciclistas.
O condutor que passa pela primeira vez pelo local tem dificuldade, principalmente para sair da rodovia Jorge Lacerda, e alguns acabam saindo na contramão. 

"Ainda falta finalizar a questão dos acessos, da finalização para garantir a segurança tanto dos pedestres, dos ciclistas, porque ainda é bastante perigoso", disse a ciclista Andréa Nagel.

A ponte ficará interditada durante 25 dias, mas as obras de finalização da estrutura devem continuar depois disso, com previsão de ser concluída em 45 dias. O investimento total na obra ultrapassa os R$ 42 milhões.

Contraponto

O ex-prefeito Celso Zuchi disse à RBS TV que inaugurou a ponte depois da autorização do Ministério das Cidades e que fez isso para diminuir o trânsito na região e pressionar a empresa responsável pelas obras que ainda precisam ser finalizadas.
Fonte: G1
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3