CRIME BÁRBARO - 22/01/2017 15:46 (atualizado em 24/01/2017 10:32)

Triplo homicídio é registrado em Barra Bonita

Autor tentou suicídio, foi socorrido no Hospital Regional de SMOeste, mas foi liberado e conduzido para delegacia de São Miguel do Oeste.
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

Um triplo assassinato ocorreu no início da tarde do último domingo (22), em Barra Bonita/SC. Conforme a Polícia Civil, por volta das 13h45, foram encontradas três vítimas de homicídio numa residência localizada no centro da cidade, proximidades do campo de futebol, em Barra Bonita, todas assassinadas com golpes de faca. Eram mulheres, de 49 e 24 anos, e um homem de 20 anos.

Após cometer os crimes, como tentativa de suicídio, o criminoso jogou seu próprio veículo em um açude de sua propriedade e depois fugiu a pé. Policiais Civis e Militares de toda região auxiliaram nas buscas pelo suspeito, sendo que algumas horas depois foi visto por familiares que acionaram a Polícia Militar, que estava próximo. O suspeito do crime, Félix Guaragni, de 59 anos, ao ser surpreendido tentou suicídio com uso de uma faca, causando lesões no pescoço. Porém, ele foi socorrido e encaminhado no Hospital Regional do Extremo Oeste. Após ser atendido na emergência e medicado, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia de São Miguel do Oeste.

Durante o período, policiais civis e militares de Barra Bonita identificavam e inquiriam testemunhas, algumas que declararam terem ouvido o autor falar que tinha matado dois ou três, oportunidade que arremessou a faca utilizada em via pública, que posteriormente recolhida para perícia.

Segundo apurado pela polícia, durante as primeiras diligências do Auto de Prisão em Flagrante, o autor possuía uma relação amorosa com uma das vítimas, Margarida Morais, de 49 anos. O criminoso já havia sido preso em flagrante em março de 2016 e indiciado em 2015 pela prática de crimes contra a companheira (violência doméstica) e mesmo assim mantinham a convivência.

Junto na casa de Margarida residia a outra vítima, Zélia Tavares Santana, de 24 anos, que, no fatídico momento, estava acompanhada de seu namorado, Rodrigo Mulinari, de 20 anos, que acabou também sendo vítima dos golpes de faca e faleceu no local.

Ao ser interrogado pela polícia, Félix alegou não recordar dos crimes, acreditando que havia se envolvido num acidente de trânsito. Ao final da noite, o acusado foi encaminhado a Unidade Prisional Avançada (UPA), de São Miguel do Oeste, pois foi lavrado Auto de Prisão em Flagrante pela prática de três crimes de homicídio duplamente qualificados (recurso que dificultou a defesa da vítima e meio cruel). Por serem crimes hediondos não foi arbitrada fiança.

Durante a semana novas testemunhas serão ouvidas e outras diligências realizadas a fim de que se possa apurar a motivação do crime.

O corpo de Margarida Morais foi velado na Igreja São Francisco de Assis, em Barra Bonita, e o sepultamento aconteceu na Linha Polaca, interior do município. Rodrigo Mulinari, que atualmente trabalhava na Torfresma em SMOeste, foi velado na Igreja da Linha Treze de Maio, interior de Barra Bonita, com sepultamento naquela comunidade. Já o corpo de Zélia Tavares Santana foi levado para SP. Ela trabalhava numa indústria de confecções, em Barra Bonita.

Fotos: Marcos Lewe / WH Comunicações


VEJA MAIS IMAGENS
Fonte: Marcos Lewe/ Inácio Rohden / WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3