AGRICULTURA - 07/11/2017 17:04

Incentivo ao melhoramento genético apresenta resultados positivos em Cunha Porã

ntre as ações desenvolvidas está o programa de Inseminação Artificial, que tem como principal objetivo garantir uma melhora genética
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Divulgação
O Governo Municipal de Cunha Porã, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, tem buscado ofertar ações e programas que possibilitem aos agricultores e pecuaristas o aumento na rentabilidade, gerando assim mais investimentos nas propriedades rurais do município. Entre as ações desenvolvidas está o programa de Inseminação Artificial, que tem como principal objetivo garantir uma melhora genética das raças bovinas.

Estas melhorias em qualidade dos rebanhos já tem apresentado bons resultados, prova disso é a classificação dos animais expostos durante a 21ª edição do Clube da Bezerra Auriverde, realizado no dia 21 de outubro. Entre os classificados em suas respectivas categorias, 10 animais da raça Holandesa e quatro Jersey foram premiados, sendo que o material genético utilizado é o mesmo disponibilizado através do programa de Inseminação Artificial da Prefeitura.

Segundo o secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Gilmar Ceccon, o programa de Inseminação Artificial conta com material genético das raças Jersey; Holandês e Angus. Ainda conforme dados da Prefeitura, somente neste ano já foram investidos cerca de R$ 100 mil na compra de sêmen disponibilizado para o programa gratuito de Inseminação Artificial, resultando em 4.200 doses de sêmen.

Investindo em qualidade 

Entre os animais classificados e premiados desta edição do Clube da Bezerra estão os de propriedade de Dirseu Ramm, residente na Linha Glória, que atua com gado há mais de 40 anos e constantemente vem investindo em melhoramento genético. Atualmente ele desempenha a atividade de bovinocultura leiteira com as raças Holandesa e Jersey e conta com auxílio nos trabalhos da propriedade da esposa Rosani e os filhos Jean, Jaíne e Luana.

Contando com mais de 70 animais, entre bezerros, novilhas e vacas, Ramm foi um dos precursores do Clube da Bezerra, e ao longo dos últimos anos participou de várias outras exposições, a exemplo da Efapi de Chapecó e da Exfloarte em Cunha Porã, assim como diversos torneios leiteiros. Neste ano, o agricultor participou do Clube da Bezerra Auriverde com nove animais, e teve reconhecimento em diversos quesitos o que, segundo ele, é atribuído aos investimentos em qualidade do rebanho e nos cuidados diários com os animais.

Ramm destaca que embora o preço do leite oscile com frequência, segue nesta atividade porque gosta e acredita no ramo leiteiro. A família acrescenta que as premiações angariadas na edição deste ano do Clube de Bezerra são atribuídas ao investimento genético, uma parceria do Governo Municipal de Cunha Porã, por meio da Secretaria de Agricultura e do programa de Inseminação Artificial. 

“Estou muito contente com os resultados alcançados, e destaco que os demais agricultores do município podem acreditar na qualidade do material genético disponibilizado pela Secretaria de Agricultura, pois além de dinheiro público que é investido, o programa de Inseminação Artificial também possibilita o desenvolvimento em nossas propriedades e que vem dando retorno bastante positivo”, evidencia Dirseu Ramm.


Fonte: Ascom prefeitura
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3