O MEME DA DISCÓRDIA - 06/01/2018 10:44

Fantasia polêmica provoca a demissão de presidente de multinacional no Brasil

Era para ser apenas uma celebração de fim de ano da Salesforce, mas um foto deflagrou uma crise interna
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Reprodução

Não é incomum que as festas de final de ano rendam fofocas e até algum mal-estar dentro das empresas. No caso da filial brasileira de uma multinacional norte-americana, a confraternização entre funcionários rendeu a demissão de pelo menos três pessoas, incluindo o presidente da empresa.  As informações são da Folha de S.Paulo.

Para fechar o ano, a Salesforce, que cria softwares para empresas como iFood e Embraer, resolveu promover uma festa à fantasia e ainda premiar em dinheiro os funcionários que estivessem com os três melhores figurinos. 

A fantasia que mais chamou a atenção ficou em quarto lugar – mas foi a campeã em polêmica. Um funcionário resolveu ir à festa vestido de um famoso meme, o "Negão do WhatsApp". Ele vestiu camiseta azul, chapéu rosa e improvisou uma prótese para simular o pênis da personagem.   

O momento ficou eternizado em um foto em que o funcionário fantasiado aparece rodeado de outros integrantes da empresa, entre eles, o diretor comercial. A imagem teria chegado até a matriz da Salesforce, em San Francisco, nos EUA, e provocado uma crise.

Resultado: o funcionário fantasiado, o diretor comercial e o presidente da Salesforce no Brasil foram demitidos. Outros dois colaboradores da empresa, que teriam ido à festa fantasiados de "As Branquelas", em homenagem ao filme em que dois policiais negros se passam por patricinhas brancas, também teriam sido suspensos. 

À Folha de S.Paulo, a empresa confirmou as demissões e afirmou que não comentaria os desligamentos. 
Fonte: Zero Hora / Gaúcha
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3