Acidente - 13/01/2018 18:40

Casal que ficou 36 horas na mata após acidente ainda não tem previsão de alta em Joinville

Conforme a filha, Queli de Oliveira, os dois permanecem no São José em recuperação
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Graer / Divulgação

O casal que ficou 36 horas na mata após acidente na Serra Dona Francisca permanece internado no Hospital São José de Joinville. De acordo com a filha dos dois, Queli de Oliveira, ainda não há previsão para que Maria Aparecida Borges de Oliveira, 53 anos, e Vilmar de Oliveira, 57, voltem para casa. 

Ainda segundo Queli, a mãe teve uma leve piora no quadro na última quarta-feira (10) e está internada na emergência do Hospital. Apesar disso, o estado dela e de Vilmar é estável. O casal se acidentou em uma curva, perto do km17, da SC-418 no sábado passado (6). Eles retornavam do sítio da família que fica em Campo Alegre.  

O resgate aconteceu dois dias depois quando Queli e outro irmão decidiram iniciar buscas, já que os pais não apareceram para o almoço de domingo da família. 

Maria e Vilmar foram atendidos ainda no local pelos Bombeiros Voluntários de Joinville. Após os primeiros socorros, a dupla precisou ser encaminhada pelo helicóptero Águia da Polícia Militar para o São José.  Eles estavam com início de hipotermia e com vários traumas pelo corpo, além de fracos e com picadas de insetos. 
Fonte: Diário Catarinense
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...