CENSO AGROPECUÁRIO - 30/01/2018 10:59 (atualizado em 30/01/2018 11:07)

CENSO AGROPECUÁRIO: IBGE visita 13 mil estabelecimentos e conclui coleta de dados na regional

Último Censo foi realizado há 10 anos. Na região de SMOeste, 19 municípios foram visitados pelos recenseadores
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Reprodução / Internet

Após uma década sem ser realizado, o Censo Agropecuário foi concluído na região de São Miguel do Oeste. O trabalho dos recenseadores foi retomado em outubro do ano passado com o objetivo de coletar dados sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de grande e pequeno portes, aquicultura, criação de abelhas, bicho-da-seda, beneficiamento e a transformação de produtos agropecuários.

De acordo com o coordenador de subárea do Censo em São Miguel do Oeste, Cláudio Radtke Júnior, 19 municípios foram abrangidos na regional. O trabalho, segundo ele, ocorreu de forma tranquila e os recenseadores foram bem recebidos nas propriedades rurais. Mais de 10 mil estabelecimentos foram visitados.

“De uma forma geral fomos muito bem recebidos pelos produtores. Chegamos muito próximos de 13 mil estabelecimentos agropecuários nesses 19 municípios”, explica.

O prazo legal para a entrega dos dados é o mês de fevereiro, mas na regional, o trabalho terminou bem antes do prazo. Radke Junior salienta que ainda há um prazo para verificação de pendências e destaca que os primeiros dados devem ser divulgados logo após encerrado o Censo.

“O Senso vai mostrar a força que o produtor agropecuário tem, é um setor que tem muita importância. Algumas informações vão sair ainda no ano de 2018, porque são mais simples de serem tabuladas e outras em 2019”, menciona.

O coordenador de subárea do Censo salienta que é possível perceber que em 10 anos o setor mudou e evoluiu. Conforme ele, muito se deve à tecnologia implantada no campo. 

“O setor é bastante dinâmico, percebemos que hoje a tecnologia interfere muito no rendimento da produção. Valores que há 10 anos eram inatingíveis, hoje são corriqueiros em termos de rendimento por hectare de produção. É um setor dinâmico, inclusive nas culturas, na forma de produção, que mudou bastante. É isso que o Senso pretende retratar”, finaliza. 

Fonte: WH Comunicações / Camila Pompeo / Jucinei da Chaga
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3