economia - 08/02/2018 14:55

Inflação é a menor para janeiro desde a criação do Real

A meta do governo para a inflação em 2018 é de 4,5%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para baixo (3%) ou para cima (6%)
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Reprodução / Internet

A inflação foi de 0,29% em janeiro no Brasil, informou nesta quinta-feira (08) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Foi a menor taxa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para janeiro desde a criação do Plano Real. Em janeiro de 2017, a inflação ficou em 0,38%.

A alta de preços ficou em 2,86% no acumulado dos últimos 12 meses, menos do que os 2,95% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores e ainda abaixo do piso da meta. A meta do governo para a inflação em 2018 é de 4,5%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para baixo (3%) ou para cima (6%).

Grupos

Dos 9 grupos que compõe o IPCA, 5 aceleraram e 4 desaceleraram em relação ao mês anterior.

Alimentação e Bebidas, de longe o grupo com maior peso no índice, foi de 0,54% em dezembro para 0,74% em janeiro.

O grupo Habitação teve queda de preços puxada pela conta de energia elétrica, que ficou 4,73% mais barata.

O motivo foi o fim da bandeira tarifária vermelha patamar 1 que estava vigorando em dezembro e causava cobrança adicional de R$ 3,00 por cada kwh consumido.

Transportes desacelerou em relação a dezembro, com influência de uma queda de 1,35% no preço das passagens aéreas e de 0,74% no conserto de automóveis.

Ainda assim, o grupo teve a maior alta do mês (1,10%), pressionado por uma alta de 2,58% nos combustíveis puxada pela gasolina (2,44%) e o etanol (3,55%).

Também causaram impacto os reajustes nas tarifas de ônibus urbanos  em cidades como São Paulo e Salvador e dos ônibus intermunicipais de Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e outras cidades.

O resultado negativo do grupo de Vestuário foi puxado por quedas em itens como calçados (-0,98%), roupa masculina (-1,12%), roupa feminina (-0,93%) e roupa infantil (-1,14%).

“Esse resultado pode ser explicado por algumas promoções que aconteceram para realinhar os preços após a alta durante o final do ano passado”, explica o gerente do IPCA, Fernando Gonçalves, em nota.
Fonte: EXAME
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3