DEMONSTRAÇÃO - 09/05/2018 20:15 (atualizado em 10/05/2018 09:18)

Jovens empreendedores lançam Feirão do Imposto em SMOeste

Na oportunidade, houve palestra com o coordenador do Observatório Social de Pinhalzinho
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Ouça o áudio:
Entrevista com Samuel Caron
Feirão do Imposto
Fotos: Inácio Rohden

O Núcleo dos Jovens Empreendedores ligado à Associação Empresarial de SMOeste (Acismo) e Observatório Social de Pinhalzinho efetuou o lançamento da campanha Feirão do Imposto. O evento, com palestra sobre o tema ‘Monitoramento da qualidade dos serviços públicos’, foi realizado na quarta-feira (9), a partir das 19h, no Centro Comercial Andrômeda, em SMOeste.

Fotos: Inácio Rohden

“O objetivo do evento é mostrar para a população a carga tributária que a gente está pagando e exigir a prestação de um serviço público adequado pela carga tributária que o cidadão está pagando”, explicou o coordenador do Feirão do Imposto, Samuel Caron. De acordo com Caron, a partir do lançamento da campanha, no dia 19 de maio, um sábado pela manhã, os jovens empreendedores estarão no calçadão da Rua Almirante Tamandaré, em SMOeste, expondo alguns itens, por exemplo um carro, uma motocicleta, uma bicicleta, uma geladeira, entre outros, para demonstrar o valor da tributação existente sobre esses produtos.

Fotos: Inácio Rohden

"Ainda haverá parceria com os supermercadistas da cidade", salienta o coordenador, para demonstrar a incidência de impostos sobre alguns produtos, que chega muitas vezes até 50% do valor de fabricação. “Por isso, o tema deste ano da campanha é pague dois e leve um. Justamente para demonstrar que na maioria dos produtos, a população paga quase dobrado, em função da carga tributária”, ressaltou Samuel Caron.

Fotos: Inácio Rohden
O palestrante da noite foi Wilson Savegnago, um dos coordenadores do Observatório Social de Pinhalzinho, que luta pela transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos. O tema da palestra foi ‘Monitoramento da qualidade dos serviços públicos – indignar-se é importante; atitude é fundamental’. Wilson explicou que, “o observatório social é um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático, apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública”.
Fotos: Inácio Rohden
VEJA MAIS IMAGENS
Fonte: Inácio Rohden / WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...