santa catarina - 11/06/2018 19:33 (atualizado em 12/06/2018 09:09)

Secretário da Agricultura discute mudanças nas normas de qualidade do leite

Santa Catarina é o 4º maior produtor de leite do Brasil e esta é a atividade agropecuária que mais cresce no Estado
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Ilustração
Os membros da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados estarão reunidos nesta terça-feira, 12, em Brasília, para discutir as normativas sobre características, qualidade e recepção de leite. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, participa do encontro representando também a Aliança Láctea Sul Brasileira.
Em maio deste ano, o Governo Federal abriu uma consulta pública para que produtores rurais e lideranças pudessem contribuir na revisão da IN 62/2011 – que trata dos parâmetros de qualidade do leite. São essas sugestões que serão analisadas na reunião da Câmara Setorial desta terça.
Duas Portarias surgiram nesse processo: a Portaria 38/2018, sobre os Regulamentos Técnicos da identidade e das características de qualidade que devem apresentar o leite cru refrigerado, o leite pasteurizado e o leite tipo A; e a Portaria 39/2018, que estabelece os critérios e procedimentos para a produção, acondicionamento, conservação, transporte, seleção e recepção do leite cru em estabelecimentos registrados no serviço de inspeção oficial.
O encontro da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite será às 14h, na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em Brasília.
Leite em Santa Catarina
Santa Catarina é o 4º maior produtor de leite do Brasil e esta é a atividade agropecuária que mais cresce no Estado. Envolvendo 45 mil produtores, a produção girou em torno de 3,4 bilhões de litros em 2017 – um incremento de 8% em relação a ano anterior. Os números consolidaram o Estado como o quarto maior produtor de leite do país.
A região formada pelo Sudoeste do Paraná, Oeste Catarinense e Noroeste do Rio Grande do Sul pode ser chamada de a “Nova Meca” do leite no Brasil já que apresenta o maior crescimento na produção e é também onde as indústrias de lacticínios têm feito os maiores investimentos nos últimos 10 anos.
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...