Tráfico de drogas - 14/06/2018 13:56 (atualizado em 14/06/2018 17:12)

Mais de 300 são presos e apreendidos em operação contra o tráfico perto de escolas no RS, SC e PR

De acordo com a Polícia Civil gaúcha, os mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos entre a quarta (13) e a quinta-feira (14) nos três estados do Sul do país. Ao todo, 282 foram presos, além de 34 adolescentes apreendidos
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Mais de 600 ordens judiciais foram cumpridas nos três estados do Sul do Brasil (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

As polícias civis do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná prenderam ou apreenderam mais de 300 pessoas entre a quarta (13) e a quinta-feira (14) nos três estados do Sul do Brasil, no âmbito da Operação Anjos da Lei, que visa combater o tráfico de drogas nas imediações de escolas. Ao todo, foram 282 prisões e 34 adolescentes apreendidos.

Polícia Civil de São Miguel do Oeste participa de Operação “anjos da Lei” e prende homem por tráfico de drogas

"Lamentavelmente, o tráfico enxerga nesses ambientes, locais propícios para venda de drogas. Então eles se colocam geograficamente próximos às escolas, porque eles sabem que os alunos são suscetíveis à utilização de drogas", diz o delegado Leonel Carivali, subchefe da Polícia Civil gaúcha.

No Rio Grande do Sul, mais de 700 agentes realizaram a prisão de 110 adultos e a apreensão de 20 adolescentes que vendiam drogas nas imediações de 87 escolas públicas, em 60 municípios do Estado.

Em Santa Catarina, o número de presos chega a 103, além de cinco adolescentes apreendidos. No Paraná, o número é menor: 69 prisões e nove apreensões.

O total de ordens judiciais cumpridas nos três estados chega a 616, sendo 308 no Rio Grande do Sul, 184 em Santa Catarina e 124 no Paraná.

Durante o cumprimento dos mandados, 110 armas de fogo, além de quase 300 kg de maconha e mais de 10 kg de cocaína, foram apreendidos.

A Operação Anjos da Lei faz parte de um projeto criado pela Polícia Civil gaúcha em 2011, com o objetivo de mapear escolas em risco, e identificar e prender criminosos. Ao longo dos sete anos da operação, foram mais de mil traficantes presos no Estado.

"Muitos professores nos procuram, diretores de escolas, não somente para solicitar atividades repressivas em relação ao tráfico, mas especialmente para pedir que a Polícia Civil esteja dentro das escolas, conversando com os alunos, sensibilizando, na forma de atividade preventiva, de palestras, de muita conversa", garante Carivali

Fonte: G1
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...