COPA DO MUNDO - 27/06/2018 11:09 (atualizado em 27/06/2018 11:25)

BRASIL X SÉRVIA: Torcedora de SMOeste ganha promoção e acompanha duelo, na Rússia

Com quase seis horas de antecedência, a torcedora de São Miguel do Oeste Silvia Maria já havia garantido seu assento no estádio Spartak, em Moscou, onde a partida tem início às 15h
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução
Culturas diferentes, gastronomia irreverente e muito, mas muito futebol. A quem tem a oportunidade de curtir a Copa do Mundo 2018, na Rússia, a experiência não pode ser outra, além de extraordinária. Em meio a tantos brasões em camisetas de clubes, está o da Seleção Brasileira. Com o emblema no peito, desfilam pela Rússia torcedores aflitos, sedentos por vitória. E aí, será que o Brasil traz o hexa pra casa?
Com quase seis horas de antecedência, a torcedora de São Miguel do Oeste Silvia Maria já havia garantido seu assento no estádio Spartak, em Moscou, onde a partida tem início às 15h (horário de Brasília) desta quarta-feira. Para Silvia, a experiência em solo russo tem ainda mais significado tendo em vista que a viagem para curtir a partida entre Brasil e Sérvia foi um presente conquistado no trabalho. E o percurso dentro do avião foi longo, hein...
“Estou curtindo muito, esse lugar é lindo. Conquistei a viagem por meio da minha empresa, mas é um presente da empresa Whirlpool, Brastemp Consul. Foi um presente que eu ganhei em virtude do trabalho que apresentei. Saí do Brasil no dia 23 de junho, pela manhã, comecei a viagem muito cedo. Embarquei de Chapecó até Guarulhos e lá encontrei com a turma com a qual estou fazendo essa viagem. Saímos do Brasil às 15h e viajamos até Paris, em uma viagem que durou 14 horas. De lá pegamos um novo voo até Moscou, nosso destino final”, explica.
O fuso-horário da Rússia tem diferença de 6 horas em relação ao horário oficial brasileiro, mas em meio à tanta novidade, não é tão difícil assim se acostumar. Silvia conta que tem aproveitado o tempo conhecendo a gastronomia típica russa, mas nesse quesito, um detalhe tem sido difícil de decifrar. 
“Não sabemos ler o cardápio aqui [risos]. A gastronomia é muito variada. Vi muita comida típica alemã, do Brasil algumas carnes. Dá pra sentir que os temperos são diferentes, são mais fortes. Estamos experimentando pratos novos, mas são muito saborosos”, conta.
Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução
E pra quem pensa em tomar aquela cervejinha na Rússia? “A parte de bebidas é muito interessante. Aqui a cerveja predomina, mas não é gelada. É servida com temperatura ambiente. Isso em virtude do inverno ser muito rigoroso, eles normalmente tomam bebidas para se aquecer. Ouvimos aqui que é até uma ofensa pedir uma cerveja gelada”, revela.
E em meio à Copa do Mundo, casos de assédio a mulheres, provocados por torcedores brasileiros na Rússia ganharam destaque, repercutiram nas redes sociais e geraram uma onda de repúdio. Apesar disso, os fatos são considerados isolados. Silvia conta que os turistas brasileiros do grupo que integra tem sido tratados com respeito e educação por lá. 
“Essa notícia foi uma surpresa grande, nem eu e nem meu grupo nos deparamos com algo nesse sentido. Não tivemos nada que desagradasse, que fosse uma situação incômoda. Lamentavelmente foram casos isolados de algumas pessoas que não tiveram a sensibilidade de vivenciar esse momento bonito que é a Copa do Mundo. As pessoas são muito respeitosas, são muito cordiais, é lamentável que tenha ocorrido esse fato”, argumenta.
Por lá, a fama dos brasileiros é tanta que as turistas já estão se sentindo estrelas do cinema. A torcedora brasileira conta que pessoas de várias nacionalidades demonstram carinho pelo Brasil e pedem até, para serem fotografados ao lado de brasileiros. “Desde que chegamos, fomos muito bem recebidos. Já fizemos muitos passeios vestidos de verde e amarelo. Onde estamos passando, é incrível como as pessoas de todas as nacionalidades nos abordam para tirarmos fotografias. Eles tem um carinho enorme pelo Brasil. É uma sensação maravilhosa, estamos parecendo estrelas de televisão”, diz.
E quanto ao resultado do confronto entre Brasil e Sérvia  - válido pela última rodada do Grupo E - Silvia é positiva e não tem dúvidas de que a Seleção Brasileira vai garantir vaga nas oitavas-de-final. “O Brasil vai ganhar com certeza, não tenho dúvidas. Vai ser 2 a 0 contra a Sérvia. Estou muito feliz de representar São Miguel do Oeste aqui na Rússia. Quero voltar com uma vitória muito linda para comemorarmos aí na nossa cidade”, disse.
Se Silvia é pé quente, isso a gente só vai saber após os 90 minutos. Na partida de hoje à tarde, a equipe brasileira precisa ao menos empatar para não ser eliminada na primeira fase e ter um de seus piores desempenhos de toda a história. E no que depender de torcida, não vão faltar gritos de gol. 

VEJA MAIS IMAGENS
Fonte: WH Comunicações / Camila Pompeo / Marcos Lewe
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...