RODOVIAS - 04/07/2018 15:55 (atualizado em 05/07/2018 14:25)

Planalto aprova concessão da BR-470 e trechos das BRs 153 e 282 em Santa Catarina

As rodovias foram qualificadas durante a 7ª reunião do Conselho do PPI, realizada nesta segunda-feira (2), no Palácio do Planalto, em Brasília
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

O Governo Federal incluiu a concessão de três rodovias federais de Santa Catarina no pacote do Programa de Parceria de Investimentos (PPI). Segundo o Diário Oficial da União desta terça-feira (3), houve aprovação da BR-470 e de trechos da BR-153 e BR-282. O investimento está estimado em R$ 13 bilhões. 

As rodovias foram qualificadas durante a 7ª reunião do Conselho do PPI, realizada na segunda-feira (2), no Palácio do Planalto, em Brasília. “Esta é uma notícia que o Governo do Estado vinha aguardando há algum tempo. Todas as rodovias catarinenses aprovadas no PPI são essenciais para o desenvolvimento econômico do Estado”, afirmou o secretário de Estado do Planejamento, Francisco Cardoso de Camargo Filho, que esteve no último dia 21 de junho no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil pleiteando a inclusão da BR-470 no próximo lote de concessões federais. 

A proposta de concessão engloba um trecho de 515 quilômetros em Santa Catarina, entre Navegantes e a divisa com o Rio Grande do Sul, envolvendo três rodovias (BR-153, BR-282 e BR-470). O trecho é um corredor para escoamento de mercadorias do Mercosul ao Porto de Itajaí e a ligação dos turistas do interior de Santa Catarina e dos argentinos ao litoral catarinense. O sistema rodoviário que abrange a BR-470 também inclui a rodovia estadual Jorge Lacerda (SC-412), que deve ser duplicada, conforme prevê o projeto.

Segundo o gerente de Modernização e Contrato de Gestão da Secretaria do Planejamento (SPG), Luiz Carlos Pacheco, essa qualificação é de extrema importância, pois prioriza o encaminhamento dessas concessões federais em Santa Catarina no rol de investimentos e parcerias previstos pelo Governo Federal. 

Melhorias

Segundo o PPI, esse segmento intercepta mais de 20 municípios e, pelos eixos rodoviários envolvidos, circulam produtos destinados aos portos de Paranaguá (PR), Itajaí (SC) e Santos (SP), além de abastecer com produtos cidades importantes dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás. Com a execução do projeto, pretende-se ampliar a capacidade da via, reduzindo o custo do transporte e o tempo de viagem entre o Leste e o Oeste do Estado de Santa Catarina. 

Na reunião do Conselho, foram aprovados 14 projetos no PPI. A estimativa é que os investimentos ultrapassem R$ 136 bilhões. Já há 189 projetos qualificados para execução, segundo o programa. Na ocasião, o presidente, Michel Temer, ainda lançou o Plano Nacional de Logística (PNL) - desenvolvido pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL) a pedido da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). 
Fonte: Rádio Secom
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...