Junho Vermelho - 10/06/2019 11:00 (atualizado em 10/06/2019 11:36)

OUÇA: Hemosc destaca a importância da doação de sangue

No inverno número de doações tem quedas significativas
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) está realizando uma campanha para tentar aumentar as doações de sangue neste período de inverno. O mês de junho é tipicamente o período que as temperaturas começam a cair, propiciando aumento da incidência de infecções respiratórias, além da temporada de provas em universidades, escolas e do início das férias escolares, por isso é o período em que se costuma registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue, públicos e privados.

O dia 14 de junho é lembrado como o Dia Mundial do Doador de Sangue e juntamente com a data é realizada a Campanha Junho Vermelho, através da Lei nº 16.694, que visa dedicar um mês inteiro às campanhas que apoiam e reforçam a importância da doação de sangue. De acordo com a responsável pela captação de doadores do Hemosc de Chapecó, assistente social Eliana Ribicki, no momento os estoques do Estado estão normais, porém há alguns dias havia a falta do sangue O-, mas já foi restabelecido. Ela destaca que quem tem sangue O- devem procurar o Hemosc para que não haja a falta. 

Estão aptos à doação as pessoas de 16 a 69 anos, em boas condições de saúde e com peso acima de 50 quilos. Para os menores de idade, é obrigatório o acompanhamento dos pais ou responsáveis na hora de doar. A idade limite para realizar a primeira doação é de 60 anos. O processo é simples e leva em torno de 40 e 50 minutos. Os interessados precisam ir até o Hemosc bem alimentados e realizam um cadastro, preenchem um questionário e depois passam por uma triagem clínica. O processo é o mesmo para primeira doação e para os que já são doadores. Para a doação individual não é necessário agendamento prévio, mas para grupos acima de cinco pessoas a orientação é de que se faça o agendamento por telefone.

Existem algumas questões que impedem os doadores de fazerem as doações, como por exemplo quem está fazendo uso de medicação, hipertensos, diabéticos, quem realizou cirurgia, exame invasivo (endoscopia ou colonoscopia) ou fez tatuagem recentemente, o Hemosc recomenda que aguarde seis meses para retornar e realizar a doação. As dúvidas podem ser sanadas pelo site www.hemosc.org.br.

O Hemocentro Regional de Chapecó fica na Rua São Leopoldo, 391 D, Bairro Esplanada. Mais informações pode ser obtidas pelo telefone (49) 3700.6400. O atendimento é realizado de segunda a sexta, das 7h às 18h.

Fonte: Redação WH Comunicações / Silvana Toldo Ruschel
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...