FORA DE CASA - 10/08/2019 20:16

Chapecoense perde para o Ceará e vira a pior defesa do Brasileirão

Vozão aplica 4 a 1 na Arena Castelão com hat-trick de Thiago Galhardo e deixa a Chape estagnada na zona de rebaixamento
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Chapecoense perde por 3 a 0 para o Ceará na Arena Castelão(Foto: Márcio Cunha, ACF, Divulgação)

A Chapecoense segue sem vencer no Brasileirão. Neste sábado, na abertura da 14ª rodada, a Chape perdeu por 4 a 1 para o Ceará. Com os quatro tentos sofridos, o Verdão virou a pior defesa da Série A do Campeonato Brasileiro: são 27 gols tomados. O resultado deixa a equipe catarinense travada no Z4. Já são seis rodadas dentro da zona de rebaixamento. A partida no Arena Castelão teve como protagonista Thiago Galhardo, que anotou três gols. 

A próxima rodada é de duelo local e de briga direta contra da degola para a Chapecoense. O Verdão do Oeste vai receber o Avaí, que está na lanterna do Brasileirão. O duelo está marcado para as 19h de domingo, na Arena Condá. O Vozão vai enfrentar o São Paulo no mesmo dia, porém às 16h e no Morumbi. 

A goleada sobre na Arena Castelão gerou desabafo do zagueiro Gum na saída de campo. Ele reconheceu o desempenho ruim e recorreu ao torcedor da Chapecoense para buscar a reação a partir do duelo contra o Avaí no próximo domingo. 

- Ao torcedor em Chapecó: pode doer e falar da gente, não tem elogio agora. Pode desabafar e vamos assumir responsabilidade. Mas vamos nos mobilizar para próxima para a partida em casa. Estamos há oito partidas sem vencer. O resultado de hoje (sábado) foi desastroso para quem quer sair da parte de baixo. Podem falar o que quiser e cobrar, mas a partir de amanhã à noite (domingo) tem que mobilizar e convocar todo mundo para formar um clima de decisão contra o Avaí. Reclamem do time, mas depois convoca todo mundo parar fazer um caldeirão em casa e irmos em busca da vitória - reiterou o jogador.

O jogo

O Ceará tomou conta das ações ofensivas durante boa parte do jogo, encontrando espaço na defesa do time catarinense. No entanto, a falta de pontaria e de criatividade emperravam os donos da casa, que tinham as melhores chances em jogadas de bola parada como escanteios e faltas próximas da área do goleiro Tiepo.

A insistência na bola parada era tanta que o gol saiu na última tentativa do primeiro tempo, quando Thiago Galhardo conseguiu aproveitar a bola alçada para cabecear sem chances para o arqueiro adversário. No segundo tempo, o Ceará teve todo o controle da partida e ampliou o marcador com mais belas aparições de Felippe Cardoso e Thiago Galhardo, destaques da partida deste sábado.

A proposta da Chapecoense, desde o início, era defender bem para tentar abrir o placar caso acontecesse algum erro da equipe cearense. Com isso, o time catarinense permitia que os donos da casa tivessem a posse de bola e usavam a velocidade dos laterais e do bom passe de Camilo para chegar na meta defendida pelo goleiro Diogo Silva.

Porém, a estratégia não deu certo, já que o time catarinense falhou no final do primeiro tempo e voltou do intervalo precisando se abrir, situação que deu espaço para o Ceará ampliar o marcador e garantir o triunfo.

Fonte: Diário Catarinense
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...