Investigação - 05/09/2019 23:44

Morte de piloto em Chapecó não foi por falha mecânica

Laudos periciais apontaram que sistema de freios não tiveram problema
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

Piloto não acionou sistema de freios e bateu contra um poste(Foto: Bombeiros/Divulgação)

A morte do piloto de arrancadão Ivan Possamai Júnior, 42 anos, natural de Cascavel, ocorrida no dia 3 de agosto, em Chapecó, não foi por falha mecânica, segundo laudos do Instituto Geral de Perícias.

O delegado Willian Meotti, que conduz o inquérito, também descartou mal súbito e disse que não há indícios de falhas na pista.

- Os laudos não apontaram nenhum defeito no sistema de freios. Na pista também não há indícios de defeitos. Mas vamos aguardar parecer da Confederação Brasileira de Automobilismo e fazer mais oitivas para ver o que aconteceu. O certo é que não houve falha mecânica e ele morreu de politraumatismo pela batida– disse.

O piloto paranaense participava do Campeonato Sul Brasileiro de Arrancada, em Chapecó, quando seu carro atingiu 192 km/h. Mas o paraquedas para reduzir a velocidade na área de frenagem não foi acionado e o piloto bateu contra um poste de iluminação.


Fonte: Diário Catarinense
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...