Não deu! - 28/02/2020 05:37 (atualizado em 28/02/2020 07:51)

Chapecoense é eliminada da Copa do Brasil pelo São José-RS, nos pênaltis

Time catarinense não converteu duas em seis cobranças e perdeu por 5 a 4
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Chapecoense foi eliminada pelo São José-RS, em Porto Alegre(Foto: Márcio Cunha/ACF)

Depois de um 0 a 0 no tempo normal a Chapecoense foi eliminada da Copa do Brasil nos pênaltis, para o São José-RS, por 5 a 4. Numa série de seis cobranças para cada lado o goleiro Fábio defendeu as cobranças de Paulinho Moccelin e Lima.

Se no ano passado a Chapecoense eliminou o time gaúcho depois de um 0 a 0, desta vez os gaúchos levaram a melhor

Querendo uma revanche pela eliminação no ano passado, pois sete jogadores que foram eliminados pela Chapecoense em 2019 ainda estão no clube, o São José partiu para cima do time catarinense e criou várias chances de gol no primeiro tempo. Até chegou a marcar um, com Thayllon, mas a arbitragem marcou mão no lance.

Gustavo Xuxa teve boa chance de marcar, chegou a tirar do goleiro Tiepo mas o lateral Marcos Vinícius tirou em cima da linha. No rebote, Rafael Tavares mandou por cima.

O goleiro Tiepo trabalhou bastante. Ele mandou para escanteio uma finalização de Gustavo Xuxa, saiu do gol para evitar a chegada do atacantes e defendeu um chute de Rafael Tavares.

A Chapecoense estranhou o gramado sintético do Passo da Areia e quase não chegou ao ataque. A única finalização foi um chute fraco de Ari Moura, que acabou saindo.

No início do segundo tempo quase marcou contra, em cruzamento de Mateusinho. Ele tentou tirar a bola que acabou batendo na trave.

A Chapecoense não conseguia repetir a boa atuação que teve na vitória sobre o Boa Vista e o São José seguia pressionando. Aos 13 minutos Thayllan foi lançado na entrada da área, driblou o zagueiro e finalizou bem. Tiepo conseguiu desviar a bola com a mão direita e ela passou muito perto da trave, indo para escanteio. No entanto o goleiro se machucou no lance e teve que ser substituído por Elias.

Num dos poucos ataques da Chapecoense Vini Locatelli tentou chutar de primeira a e bola foi muito alta. Anderson Leite arriscou de longe, mas sem perigo. O time catarinense melhorou no final do segundo tempo e passou a chegar mais ao gol adversário. No entanto continuou errando nas finalizações, com Paulinho Moccelin e Renato. As melhores chances de gol foram com Aylon. Primeiro, num contra-ataque, ele finalizou da meia-lua da área e a bola passou muito perto do gol. Depois já dentro da área, finalizou bem mas o goleiro Fábio fez a defesa, garantindo o empate sem gols no tempo normal.

Diferente da primeira fase, quando tinha o time visitante tinha a vantagem do empate, desta vez a decisão foi para os pênaltis. Vini Locatelli, Renato, Alan Ruschel, Aylon acertaram as cobranças pela Chapecoense. Na quinta cobrança, Fábio defendeu o chute de Paulinho.

Fábio, Marcão, Thayllon, Mateusinho fizeram para o São José. Mas na quinta cobrança, de Alexandre, Elias também defendeu.

Vieram então as cobranças alternadas. Fábio pegou o chute de Lima. Desta vez Elias não conseguiu pegar o chute de Crystopher e a Chapecoense foi eliminada.

Agora foco no estadual, onde está na lanterna. De Porto Alegre o Verdão vai para Florianópolis, onde enfrenta o Figueirense, no domingo, pelo Campeonato Catarinense. 


Fonte: Diário Catarinense
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...