WORKAHOLIC - 18/05/2020 21:11

Horas de vídeo, boa memória e "maluquice" por trabalho: a atual rotina de Coudet no Inter

Técnico argentino chama a atenção dos dirigentes pela dedicação e pelo perfeccionismo no comando dos treinos, mesmo com as restrições da pandemia
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
De máscara, Coudet comanda os treinos físicos no CT do Parque Gigante Ricardo Duarte / Inter/Divulgação

A dedicação do técnico Eduardo Coudet neste período sem jogos tem chamado atenção dos dirigentes e dos demais profissionais do Inter. Considerado um "workaholic", o treinador tem o hábito de levar para casa dezenas de horas de vídeo de jogos da equipe colorada e dos futuros adversários no Gauchão e na Libertadores. Nos treinos físicos ou na análise das partidas, o treinador costuma ser detalhista.

— Estou sempre assistindo futebol, revendo os jogos que realizamos e assistindo aos próximos rivais — disse Coudet, em entrevista divulgada pela assessoria do clube.

O treinador é descrito por pessoas importantes do vestiário como um "maluco por trabalho", por conta do tempo que se dedica ao estudo dos adversários e também do perfeccionismo no planejamento dos treinos. Além disso, os dirigentes elogiam a sua memória. Ao conversar sobre partidas já realizadas no início de 2020, o argentino costuma se lembrar de detalhes mínimos de cada jogo.

Como a família está em Buenos Aires, Coudet mora sozinho em um apartamento na zona norte de Porto Alegre. Sua rotina atualmente é dividida em dois momentos. Pela manhã, comanda os treinamentos no CT do Parque Gigante, onde sempre acompanha as atividades de todos os grupos de atletas. À tarde, vai para casa, onde assiste aos vídeos fornecidos pelos analistas de desempenho do clube.

Mesmo sem uma data estipulada de retorno da temporada e ainda sem poder comandar treinos táticos, o técnico comemora a possibilidade de realizar ao menos treinamentos físicos, ainda que sem contato entre os jogadores.

— Para nós, é importante poder treinar. Ajuda a relaxar a mente poder ter contato com a grama, com o ar livre e com a bola. Falta bastante para a retomada da temporada, mas essa preparação vai nos ajudar muito — explicou Coudet.

O treinador ainda elogiou os protocolos de saúde e as medidas de higiene adotadas pelo clube para prevenção de contágio de coronavírus. 

— Nós estamos nos sentimos muito confortáveis e bem cuidados. Me sinto mais seguro aqui dentro (do CT do Parque Gigante) do que em qualquer atividade cotidiana que todos temos, como ir ao supermercado. Se tem um lugar onde a gente se sente mais seguro é aqui, com os cuidados de saúde que estão sendo tomados — finalizou.

Fonte: Gaucha / ZH
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...