TUDO IGUAL - 26/09/2020 23:23

Inter sai na frente, mas empata em 1 a 1 com o São Paulo pelo Brasileirão

Com o resultado no Beira-Rio, Colorado manteve segunda posição no campeonato
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Mateus Bruxel / Agencia RBS

O Inter apenas empatou por 1 a 1 com o São Paulo na noite deste sábado (26), no Beira-Rio, em jogo válido pela 12ª rodada do Brasileirão. Embora tenha chegado ao seu terceiro jogo sem vitória na competição, o resultado não foi de todo ruim, já que a equipe jogou 35 minutos com um homem a menos pela expulsão de Zé Gabriel. Os gols da partida foram marcados por Thiago Galhardo, para o Colorado, e Luciano, para os paulistas, na etapa inicial.

Com o resultado, o Inter fica com 21 pontos e iguala com o Atlético-MG, que enfrenta o Grêmio ainda neste sábado. O Colorado agora volta as atenções para a Libertadores, onde fará o jogo decisivo com o América de Cali, na Colômbia, na próxima terça-feira. 

Mesmo tendo o compromisso contra o América de Cali já na terça-feira, o técnico Eduardo Coudet decidiu mandar a campo quase todos os titulares para enfrentar o São Paulo. Apenas o lateral-direito Saravia e o volante Rodrigo Lindoso foram preservados, iniciando no banco de reservas. A outra ausência entre os 11 do treinador argentino foi o volante Patrick por conta do desconforto muscular sofrido na derrota para o Fortaleza. Com isso, Marcos Guilherme ganhou um lugar ao lado de Edenilson e Boschilia na linha de três meias. 

Embora tenham maneiras diferentes de atacar, Eduardo Coudet e Fernando Diniz são treinadores que têm em comum a ideia de sair jogando com bola no chão a partir da defesa. O que se viu no Beira-Rio desde os primeiros minutos foi um duelo de tentativa de imposição. Enquanto um time buscava sair jogando, o outro adiantava sua marcação para tentar a roubada. Assim, o Inter levou perigo pela primeira vez aos dois minutos. Após o desarme perto da área, Edenilson cruzou na medida para Thiago Galhardo, que cabeceou para defesa de Tiago Volpi. O lance, porém, foi invalidado por impedimento.

A disputa por espaço foi a marca do primeiro tempo no Beira-Rio, que teve bastante equilíbrio e o brilho dos artilheiros. Aos 19, após a subida da marcação colorada forçar o São Paulo a sair com chutão, Cuesta deu o passe Moisés, que cruzou na medida para Thiago Galhardo. Dessa vez, o goleador colorado cabeceou sem chances para Tiago Volpi: 1 a 0

O Inter nem teve tempo de comemorar muito a vantagem. Aos 24, em uma cobrança de falta pelo lado direito, Moisés, dessa vez, errou. Ele deixou Pablo fazer o desvio e Luciano foi mais rápido que Víctor Cuesta para definir o lance com Lomba já caído no outro canto e empatar o jogo. Foi o quinto gol do atacante desde que chegou ao São Paulo na troca com o Grêmio por Everton.

Os dois times diminuíram o ritmo após os gols e a reta final do primeiro tempo foi de poucas jogadas perigosas. O Inter seguiu tentando atacar mais pelo lado esquerdo, mas Moisés não conseguiu repetir o sucesso nos cruzamentos. Pela direita, Heitor ficou mais contido na marcação enquanto Marcos Guilherme foi figura nula durante a primeira etapa. 

Na volta do segundo tempo, o Inter levou logo dois sustos. Marcelo Lomba impediu a virada em dois lances antes dos cinco minutos. No primeiro, ele defendeu o chute cruzado de Tchê Tchê mandando a bola para escanteio. Na cobrança do corner, o zagueiro Diego ganhou pelo alto e testou firme para grande defesa do goleiro colorado. 

O Inter dava sinais de cansaço no jogo. Sem conseguir pressionar o São Paulo, o time também não sustentava a posse de bola. A situação ficou ainda pior aos 15 minutos, quando Zé Gabriel deu uma entrada forte em Igor Gomes e levou o vermelho direto. Para recompor a zaga, Eduardo Coudet chamou Rodrigo Moledo, que entrou no lugar de Marcos Guilherme.

Com 10 homens, o Inter passou a sofrer para sustentar até mesmo o empate. Aos 20, Heitor fez uma falta em Igor Gomes na entrada da área. A sorte colorada foi que Daniel Alves acertou a barreira. Eduardo Coudet então tratou de fechar ainda mais o time. Aos 23, Rodrigo Lindoso entrou no lugar de Abel Hernández. Fernando Diniz tentou ganhar poder ofensivo e fez trocas em sequência: Tréllez, Paulinho e Hernanes entraram na equipe, mas foi insuficiente para a virada.

A reta final do jogo teve o Inter posicionado em seu campo, com duas linhas de quatro bem próximas da área para fechar os espaços do ataque são-paulino. Tão criticada em outros momentos, dessa vez a utilização de Lindoso ao lado de Musto serviu para Eduardo Coudet  conter a pressão do São Paulo, que só voltou a levar perigo nos minutos finais, quando Marcelo Lomba apareceu bem novamente. A última chance da virada paulista veio em cabeçada de Daniel Alves aos 49, defendida pelo goleiro colorado quase em cima da linha.O empate, que antes do jogo era visto como ruim, acabou sendo positivo para o Inter pela expulsão desnecessária de Zé Gabriel no começo do segundo tempo.

Fonte: Gaúcha / ZH
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...