ELIMINADO - 18/11/2020 23:48

Inter perde para o América-MG nos pênaltis e está fora da Copa do Brasil

Colorado não conseguiu superar time mineiro e foca nas disputas de Brasileirão e Libertadores
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Mourão Panda / América/Divulgação

Depois de fazer um gol no último lance do jogo, todo o sacrifício do Inter foi por água abaixo nos pênaltis. O 1 a 0 obtido aos 50 minutos do segundo tempo com Yuri Alberto, que seria heroismo, se transformou em decepção com a derrota nos pênaltis por 6 a 5 e a eliminação para o América-MG nas quartas de final da Copa do Brasil.

Debaixo do temporal que caiu sobre Belo Horizonte, Abel Braga optou pelo time mais experiente possível, na hora do aperto. Onde havia disputa entre guris e cascudos, escolheu os mais veteranos. Na lateral direita, por exemplo, Rodinei no lugar de Heitor. 

No meio, D'Alessandro voltou à titularidade, formando um quinteto com os Rodrigos, Dourado e Lindoso, nas primeiras funções, Edenilson aberto pela direita e a novidade, Leandro Fernández na esquerda. Thiago Galhardo, que chegou da Seleção na madrugada, foi o centroavante. No América-MG, Lisca manteve a estrutura da primeira partida, com o quarteto final Ademir, Geovane, Felipe Azevedo e Rodolfo.

O Inter começou a partida na pressão, evitando correr riscos nas poças d'água que se formaram no Independência. Tratou de jogar a bola para a frente em busca de disputas que lhe favorecessem. A ordem era tentar o sufoco e assustar os mineiros. Até os 15 minutos, funcionou quase tudo bem. Havia insistência e chegada na área, mas sempre faltava um pé ou uma cabeça para completar a jogada. O América-MG baixou as linhas e não se incomodou de dar combate só mais próximo à sua intermediária.

Apesar do volume, não havia conclusão. Chute, mesmo, só dos donos da casa. João Paulo, de longe, arriscou, mas a bola passou por cima do travessão. A primeira conclusão do Inter saiu aos 25. Dourado deu um passe vertical para D'Alessandro, que, com uma finta, clareou o campo. Ele abriu para Moisés, o lateral cruzou rasteiro, a defesa desviou e Galhardo chutou. Messias dividiu e salvou. 

A trama D'Alessandro e Moisés foi a responsável pela segunda tentativa mais aguda. O camisa 10 entregou ao lateral, que chutou, mas sem perigo. O primeiro tempo se arrastou até o final sem oportunidades para mudar o placar.

A volta do intervalo não teve trocas de parte a parte. Sem alterações, o panorama inicial foi igual. O Inter com a bola, mas sem contundência. O América-MG esperando, tendo a vida facilitada pela falta de criatividade gaúcha. Em um contra-ataque, Geovane chutou e Lomba defendeu sem rebote. Novamente, o Inter levou 14 minutos para chutar a gol. D'Alessandro arriscou e a bola explodiu no corpo de Flávio. 

No 15º, Abel mexeu no time. Tirou Leandro Fernández e colocou Yuri Alberto. O América-MG obrigou Lomba a trabalhar em cobrança de falta de João Paulo. Também em falta, D'Alessandro fez Matheus Cavichioli tocar a bola pela primeira vez, em um chute com direção, mas sem tanta força.

Aos 24, mais duas trocas: Moisés saiu machucado e deu lugar a Uendel, Dourado, ainda sem o 100% de forma, saiu para a entrada do jovem atacante Caio Vidal, estreante no time principal. A última substituição foi aos 31, Praxedes na vaga de D'Alessandro.

Nas cobranças, Léo Passos abriu o placar para os mineiros. Galhardo mudou o estilo, deu uma paradinha e chutou para fora. Messias superou Lomba na base da força. Lindoso descontou. Daniel Borges bateu por ciima do travessão. Edenilson deixou tudo igual. Sabino acertou a paradinha e deslocou o goleiro. 

Yuri Alberto empatou de novo. Marcelo Toscano marcou o quarto do América-MG. A pressão estava toda sobre Rodinei. O lateral resistiu e fez. João Paulo bateu o primeiro da série decisiva e tirou Lomba da foto. Novamente a pressão para o Inter. 

O jovem Praxedes bateu bem e superou Matheus. Juninho marcou e mais uma vez transferiu a responsabilidade ao cobrador colorado. Uendel bateu por cima. 

O Inter está fora da Copa do Brasil. O América-MG, de Lisca, cria da base colorada, que enfrentará o Palmeiras na semifinal da Copa do Brasil.

Fonte: Gaúcha ZH
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...