DE VIRADA É MAIS GOSTOSO - 26/07/2021 14:03

Brasil vence Argentina em virada épica no vôlei masculino após início de jogo dramático

Seleção brasileira perdeu os dois primeiros sets, mostrou desestabilidade, mas recuperou fôlego e atropelou rival histórico por 3 sets a 2
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Brasil vence Argentina por 3 sets a 2 em jogo dramático em Tóquio nesta segunda (26) – Foto: Júlio César Guimarães/COB/divulgação
Em uma virada épica, o Brasil venceu a Argentina por 3 x 2 sets no vôlei masculino nesta segunda-feira (26). Com uma metade de jogo apático e repleto de erros, a seleção conseguiu buscar o resultado que parecia impossível em Tóquio.
Os Hermanos saíram na frente e dominaram o jogo mantendo boa distância do adversário no placar logo no primeiro tempo da partida. Renan colocou Maurício Souza no lugar de Isac, mas a estratégia não funcionou. Com muitos erros no final do tempo, o Brasil foi derrotado por 25/19.
No segundo set, a Argentina continuou mandando no jogo e apostando em uma defesa bem montada e um ataque agressivo. Para melhorar o desempenho da equipe, sobretudo no passe, Douglas Souza, sensação do vôlei masculino dentro e fora das quadras, entrou em cena. A troca deu certo e o Brasil ganhou confiança. Apesar do levante, perdeu por 25 x 21.
No terceiro set, a reação. O técnico Renan Dal Zotto manteve Leal, que já tinha sido escalado no set anterior, além do líder Bruninho, que voltou à quadra vibrante e puxando a equipe após dois sets com atitude apática. O jogo virou e o adversário sentiu o baque. Cachopa impôs ritmo ao time e fez o último ponto do set, que manteve o Brasil vivo na partida: 25/16.
O quarto set coroou a virada de chave do time. No ataque de Leal, 25/21 e a garantia do tie-break, que termina quando uma das equipes alcança 15 pontos com dois de diferença para o viral. Maurício Souza vedou o ataque argentino e colocou o Brasil, definitivamente, na vitória por 16/14.
Com parciais 19/25, 21/25, 25/16, 25/20 e 16/14, os campeões olímpicos mostraram toda a sua potência na segunda vitória nas Olimpíadas. Na chave mais difícil, o a seleção brasileira masculina ainda encara três favoritos ao pódio em busca de uma vaga nas quartas de final. Na próxima quarta-feira (28), enfrenta o Comitê Olímpico Russo. Na sequência, pega Estados Unidos e França. Os quatro melhores de cada grupo avançam.
A vitória mantém o Brasil na parte de cima da classificação do grupo B, ao lado do Comitê Olímpico Russo, também com dois triunfos. A seleção de Renan Dal Zotto, porém, leva desvantagem no número de pontos: 6 contra 5. Abaixo, França e Estados Unidos somam uma vitória cada. Argentina e Tunísia seguem zeradas.
A seleção volta à quadra na próxima quarta, às 9h45.
Fonte: ND mais - notícia do dia
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...