BAIXA NA COMISSÃO - 22/11/2021 18:57

Paulo Paixão pede demissão e não é mais coordenador de preparação física do Inter

Após áudio vazado, o clube informa que o profissional pediu seu desligamento nesta segunda-feira (22)
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Paulo Paixão deixa o cargo de coordenador de preparação física do Inter após áudios vazados Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

Paulo Paixão não é mais o coordenador de preparação física do Inter. O multicampeão deixou o cargo nesta segunda-feira (22), depois que um áudio com análises sobre a composição do elenco de jogadores atribuído a ele circulou nas redes sociais.

A comunicação do clube confirma que a mensagem foi gravada pelo profissional e é a causa da saída dele da comissão técnica.

"O Sport Club Internacional comunica que o Coordenador de Preparação Física Paulo Paixão pediu demissão do cargo. O profissional procurou o diretor-executivo Paulo Bracks e alegou não ter mais ambiente para seguir no Clube. Paixão lamenta o episódio da divulgação de um áudio privado e pede desculpas ao grupo de jogadores e ao Internacional. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sorte na sequência de sua carreira" disse o Inter, através de nota divulgada no começo da noite. 

Paixão, 70 anos, voltou ao Inter para a terceira passagem pela equipe em junho de 2021, ao mesmo tempo que o departamento de futebol confirmou o retorno de Diego Aguirre para o comando técnico.
A mensagem polêmica

Os áudios teriam sido gravados no último domingo (21). Para o interlocutor, cujo nome não é citado (somente de seus familiares), a pouca experiência do time colorado ajudaria a explicar a vitória flamenguista.

— Outra dificuldade: o Diego (Aguirre) olha para trás no banco e é só garoto. O Boschilia, que é enganador, que não é mais garoto, o resto é tudo garoto. Entendeu? O time vai ter de contratar. Se quiser fazer alguma coisa para o ano que vem, vai ter de contratar — teria dito Paulo Paixão.

Segundo o áudio, alguns jogadores estariam com o ciclo encerrado no Beira-Rio:

— Trocar algumas peças aí, umas peças que já estão em tempo de clube há muito tempo. Faz uma permuta. Patrick com não sei quem. Dourado com não sei quem. Cuesta, entendeu? Tem de fazer, compadre. Tem de renovar. Vestiário, entendeu? É muito tempo ali. Enfim, é difícil, meu compadre. Treinador olha para trás assim, aí o Renato olha para trás e, caramba, Arrascaeta, não sei quem, não sei quem. Esse entendimento nós temos. É fundamental esse papo de roda. Ele vai ajudando acima de tudo. Temos conversado com o presidente tudo isso. Não dá para olhar para trás e fazer o que? Vamos ver.

Fonte: Gaúcha/ZH
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...