FUTEBOL - 09/07/2020 11:03

Com retorno do futebol profissional, CRM aguarda decisão do amador, mas não joga sem torcida

Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Na imagem, Bil reverencia torcida ao marcar, em 2019, em jogo em Maravilha (Foto: Ederson Abi/Arte: Fernando Zimmermann)
Sem torcida não tem jogo! Esse é o posicionamento do Clube Recreativo Maravilha (CRM) sobre um futuro possível retorno do futebol amador em Santa Catarina. O clube observa com saudade o retorno dos campeonatos profissionais, como Catarinense e Carioca. Não há expectativa para treinos e retorno das atividades esportivas na região. 

Em entrevista à Rádio Líder na manhã desta quinta-feira (9), o presidente do CRM, Neri Almeida, lembrou que o clube estava pronto para as competições quando tudo foi suspenso por causa do coronavírus. Agora, sem expectativas fica difícil até analisar o cenário. No entanto, Almeida garantiu que, em uma possível volta, o CRM não entra em campo se não tiver a presença do torcedor. Para ele, o futebol é feito para os torcedores, para ouvir o grito da torcida, a manifestação de amor pelos clubes no estádio. Sem esse ingrediente, não há como jogar futebol. Além, disso, a questão financeira é importante para os clubes locais, que precisam do dinheiro do ingresso e da venda de bebidas. 

OUÇA ENTREVISTA COM NERI ALMEIDA

Fonte: Rádio Líder FM/Ederson Abi/WH Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...