MÉTODO MENOS INVASIVO - 05/12/2018 13:59 (atualizado em 06/12/2018 08:02)

Aplicativo promete dar fim aos exames com agulha e detectar anemia apenas com foto das unhas

Ferramenta deve estar disponível para download público até o fim do primeiro semestre de 2019
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

Estudo realizado por cientistas da Escola de Medicina da Universidade Emory, de Atlanta, nos Estados Unidos, e publicado na revista científica Nature Communications nesta terça-feira (4), apresentou uma solução para quem precisa fazer exame de diagnóstico de anemia — que consiste em retirar sangue —, mas se incomoda com o uso das agulhas. Segundo a publicação, um aplicativo de celular foi desenvolvido justamente para ter a mesma função, mas de forma nada invasiva. As informações são da BBC.

O programa é capaz de identificar, apenas com uma fotografia das unhas da mão, se o usuário está com os níveis adequados de hemoglobina no sangue. Os resultados se mostraram animadores quanto à precisão. Outro lado positivo do aplicativo está na economia que proporciona, já que, para a realização do exame convencional, há custos materiais e operacionais.

Se tudo correr conforme o esperado pelos desenvolvedores, é provável que a ferramenta esteja disponível para download do público até o fim do primeiro semestre de 2019. A patente do produto deve ser reconhecida em breve, mas um protótipo já foi protocolado pelos órgãos americanos competentes.

Método utilizado pelo aplicativo

Para desenvolver o aplicativo, os pesquisadores analisaram fotos das unhas de 337 pessoas, incluindo as que estavam saudáveis e também as que já tinham diagnóstico de anemia. A partir das imagens, o próximo passo foi desenvolver um algorítimo capaz de identificar o padrão saudável de coloração daqueles que apresentaram algum tipo de deficiência nos glóbulos vermelhos.

Apesar de ser estranho logo de início, há um motivo para que a foto utilizada precise ser das unhas, elas não contêm melanina — pigmento que varia de pessoa para pessoa. Sendo assim, é possível definir uma tonalidade padrão. A precisão, portanto, é consistente, já que não depende do tom da pele da pessoa analisada.

Além disso, o aplicativo também tem funções para corrigir o brilho de fundo e as variáveis de câmera de cada aparelho celular. Segundo os desenvolvedores, com apenas uma imagem, é possível ter uma precisão de 97%. 
De acordo com o resultado de alguns dos testes, após quatro semanas de uso contínuo do aplicativo, o perfil do usuário é traçado, e a ferramenta passa a apresentar resultados de precisão semelhantes ao de um exame de sangue convencional.

O que é a anemia?

A doença é considerada o distúrbio sanguíneo mais comum do mundo: estima-se que de 25% a 33% da população mundial apresente o problema, que decorre por conta do baixo nível de glóbulos vermelhos no sangue. Entre os fatores de desenvolvimento da anemia, estão deficiências nutricionais, questões genéticas ou possíveis hemorragias. 

Os principais sintomas apresentados por quem tem anemia são cansaço, indisposição, taquicardia, palidez na pele, distúrbios de apetite, náuseas, entre outros.

Fonte: Gaúcha / ZH
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...