Ilha da Madeira - 17/04/2019 16:41 (atualizado em 17/04/2019 22:28)

Acidente com ônibus de turistas mata 29 em Portugal

Motorista perdeu controle da direção em curva de estrada. Há mais de 20 feridos.
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Bombeiros ajudam vítimas de acidente com ônibus na região de Caniço, na Ilha da Madeira, em Portugal, na quarta-feira (17) — Foto: Rui Silva/AFP

Vinte e nove pessoas morreram em um acidente com um ônibus que transportava turistas em Santa Cruz, na Ilha da Madeira, em Portugal, na tarde desta quarta-feira (17). O veículo saiu da estrada e virou, por volta das 18h30 (16h30 em Brasília).

Segundo o presidente da Câmara de Santa Cruz, Filipe Souza, morreram 11 homens e 17 mulheres no local, além de mais uma mulher que chegou a ser socorrida e faleceu mais tarde em um hospital. Souza disse ainda que as vítimas são alemãs e tem idades entre 40 e 50 anos.

O motorista do ônibus ficou ferido e está em estado de choque, de acordo com a emissora TVI24. Ele e o guia turístico, que também sobreviveu, eram os únicos portugueses a bordo.

Ônibus que sofreu acidente na Ilha da Madeira, em Portugal, na quarta-feira (17) — Foto: Duarte Sá/Reuters Ônibus que sofreu acidente na Ilha da Madeira, em Portugal, na quarta-feira (17) — Foto: Duarte Sá/Reuters

Ônibus que sofreu acidente na Ilha da Madeira, em Portugal, na quarta-feira (17) — Foto: Duarte Sá/Reuters

Em uma coletiva de imprensa, o secretário regional de Saúde da Madeira, Pedro Ramos, disse que outras 27 pessoas ficaram feridas.

O acidente ocorreu em uma curva na estrada da Ponta de Oliveira com a Rua Alberto Teixeira, quando o motorista perdeu a direção, segundo o jornal "Diário de Notícias da Madeira". O veículo caiu em uma pequena ribanceira, mas parou ao atingir uma casa.

As autoridades informaram que o ônibus tinha cinco anos e estava com as inspeções em dia. Ele havia deixado um hotel na cidade de Caniço, no leste da Ilha da Madeira, com destino a Funchal, capital da região autônoma portuguesa.

Aviões

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, chegou a anunciar que iria a Funchal esta noite para acompanhar o caso, mas depois informou que cederia dois aviões da Força Aérea, inclusive aquele que usaria para viajar, para que seja feito o transporte dos feridos para a área continental do país.

"Eu fui muito sensível a essa prioridade, que é a necessidade de os aviões, nomeadamente o avião que ia utilizar da Força Aérea Portuguesa, poder ser utilizado para transportar feridos. E sendo necessários os dois, isso tem prioridade. É muito mais importante socorrer os feridos do que o Presidente partir hoje", justificou.

O porta-voz do Governo alemão, Steffen Seibert, lamentou em uma mensagem em rede social a tragédia. "Chegam-nos notícias terríveis da #Madeira. Sentimos uma dor profunda por todos aqueles que perderam a vida no acidente de ônibus, os nossos pensamentos estão com os feridos", escreveu.

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, enviou uma mensagem de condolência às famílias das vítimas e também transmitiu voto de pesar à primeira-ministra alemã, Angela Merkel.

Fonte: G1
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...