Agricultura - 03/06/2019 13:44

Propriedade rural de Maravilha conquista registro de inspeção para abater ovinos

Aperfeiçoamento do local e acompanhamento de técnicos durou cinco anos até receber o registro. O abatedouro Estância Araçá é o único em Maravilha com o registro
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações

O abatedouro Estância do Araçá, de Valdecir Haack, na Linha Araçá, interior de Maravilha, conquistou o registro do Sistema de Inspeção Municipal (SIM) para abater ovinos, na semana passada. Com o registro, o produtor pode abater os animais na propriedade e vender no município. O primeiro abate foi acompanhado pelo secretário municipal de Agricultura, Pedro Gilberto Ioris, e o veterinário do município, Christian Bringhenti. 
Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações
Para conseguir o registro de inspeção, o produtor precisou fazer várias mudanças na propriedade. Um trabalho que levou cinco anos para chegar até este ponto. “Foi modificado praticamente 100% do espaço. Aqui tem um lugar de espera dos animais, local de dejetos após o abate, câmara fria, lugar de corte, sala de inspeção e banheiro. Um pequeno abatedor, mas completo”, cita Haack. 
Para ele, a diferença de trabalhar com o registro é a qualidade do produto final. “A diferença é a carne inspecionada por um veterinário”, argumenta Haack. A ideia do produtor é abater ovelhas uma vez por semana ou a cada 14 dias. Na propriedade, a família possui cerca de 300 ovinos, além de outras atividades econômicas. 
Fotos: Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações
O veterinário Christian Bringhenti acompanhou a inspeção no abatedouro Estância do Araçá. Ele explica as etapas que o produtor fez para conseguir o registro. “Tem vários critérios, entre eles, outro veterinário ficará como responsável técnico pelo local. Também foi preciso fazer modificações na parte ambiental, além da estrutura adequada para a atividade”, comenta o veterinário. 
Conforme ele, há outros abatedouros em Maravilha, porém que abatem somente ovelha, este é o único. 
Para o secretário de agricultura, Pedro Gilberto Ioris, a iniciativa de Valdecir Haack incentiva o setor produtivo. “Ele vai oferecer um produto de qualidade e inspecionado dentro da lei. Vai ser uma fonte de renda a mais para a família, sendo que há procura pelo produto em Maravilha”, destaca o secretário. 
VEJA MAIS IMAGENS
Fonte: Cleiton Ferrasso/ WH Comunicações
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...