meio ambiente - 19/06/2019 11:28

Municípios precisam buscar alternativas para descarte de carcaças

Como o cancelamento da recolha, Cidasc e Epagri orientam formas corretas
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Foto: Ascom
O cancelamento do convênio de recolha de carcaças de animais, no interior dos municípios da Associação dos Municípios do Extremo-oeste (Ameosc), tem causado uma série de transtornos para produtores e gestores públicos. Sem ter para onde enviar os animais mortos, a saída é buscar alternativas que não impacte o meio ambiente, ameacem a sanidade animal e nem firam a legislação ambiental.

O assunto foi a pauta da reunião do Colegiado de Agricultura da Ameosc, na tarde de terça-feira (18). Na oportunidade, representantes da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e da EPAGRI-Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri), apresentaram algumas saídas, como compostagem e incineração, bem como os cuidados a serem adotados em cada método. 

A orientação aos produtores é de que procurem os departamentos técnicos da prefeitura para agir de forma correta.
Fonte: Ascom Ameosc
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...