EM AVIÃO DA FAB - 12/07/2019 17:40

Defesa pede acesso à investigação contra sargento que tentou entrar na Espanha com cocaína

Justiça Militar do Brasil investiga transporte de drogas por militar em missão presidencial
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
(Foto: Johnson Barros / Força Aérea Militar)
A defesa do sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues entrou nesta sexta-feira (12) com pedido de habeas corpus no Superior Tribunal Militar (STM) para ter acesso à investigação aberta no Brasil contra o militar. No dia 25 de junho, Rodrigues foi preso em Sevilha, na Espanha, com 39 quilos de cocaína, quando passava pelo controle alfandegário. 
O advogado Carlos Alexandre Klomfahs, responsável pelo caso, sustenta no tribunal militar que não conseguiu ter acesso à investigação militar que está em andamento na Aeronáutica.  O caso deve ser analisado pelo vice-presidente do STM, ministro José Barroso Filho. No Brasil, os fatos também são investigados pela Polícia Federal (PF).
Quando foi preso, o sargento havia partido do Brasil em missão de apoio à viagem presidencial ao Japão para a reunião do G20, integrando a tripulação que ficaria em Sevilha. O sargento foi acusado pelas autoridades espanholas por crime contra a saúde pública, categoria em que se encontra o tráfico de drogas.
De acordo com a FAB, o inquérito para apurar o episódio deve ficar pronto em até 40 dias. O resultado deve ser encaminhado ao Ministério Público Militar (MPM), que poderá, então, abrir uma denúncia-crime contra o sargento da Aeronáutica
Fonte: Diário Catarinense
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...