VIVA BEM - 08/05/2020 17:48 (atualizado em 08/05/2020 17:52)

Cuidados especiais para pacientes oncológicos em tempo de COVID-19

Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Liara Tusset, oncologista clínica / Divulgação

A pandemia relacionada ao coronavírus (COVID-19) vem causando grande preocupação no mundo em função da rápida disseminação da infecção e da gravidade observada, especialmente entre pessoas com saúde fragilizada pela idade avançada ou por outras comorbidades. Entre as condições que predispõem a uma possível maior gravidade da infecção está o câncer. 

Saiba mais:

Porque o paciente oncológico precisa ter mais cuidados para evitar a contaminação com o coronavírus?

Como foi citado acima, pacientes com algumas comorbidades tem risco mais alto de desenvolver a forma mais grave da doença. Os pacientes oncológicos podem ter diminuição da imunidade por conta da própria doença, ou por um estado debilitado após uma cirurgia ou, ainda, pelo efeito imunossupressor de alguns tratamentos, como quimioterapia, corticoides, transfusões de sangue e radioterapia.

Assim, quando um paciente imunossuprimido adquire a infecção pelo coronavírus, o risco de uma evolução mais agressiva da doença é significativo e o de morte maior. 

Além do risco de apresentar a doença de uma forma mais grave devido à baixa imunidade, dados apontam que o paciente oncológico apresenta risco maior de contaminação com aCovid-19 de 8%, comparado a 4% na população geral. 

Entre os pacientes com câncer, quais os de maior risco?

- Pacientes com neoplasias hematológicas (como leucemias, linfomas e mieloma múltiplo); 

- Pacientes que passaram por transplante de medula óssea; 

- Pacientes em tratamento com quimioterapia.

Embora certamente nem todos que estão em tratamento contra um câncer sejam imunossuprimidos, é imperativo que se tomem precauções para evitar a infecção e, em ocorrendo, que estes pacientes sejam acompanhados de maneira imediata e muito próxima pela sua equipe médica.

Quais as recomendações da SBOC (sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) aos pacientes oncológicos?

- Não interromper seus tratamentos oncológicos (a menos que o médico oncologista ache necessário);

- Evitar contato físico, como cumprimentar com beijos e abraços;

- Evitar contato com qualquer pessoa que tenha sintomas gripais e/ou que esteja em investigação para possível infecção pelo coronavírus;

- Caso apresente um dos seguintes sintomas, contatar seu médico: febre, coriza, tosse seca, falta de ar.

 Quais são as recomendações dentro do hospital para pacientes oncológicos? 

- Evitar contato físico direto, mesmo com o seu médico e a equipe de saúde;

- Tome a mesma atitude com todas as pessoas que estiverem circulando pelo ambiente hospitalar;

- Evitar ambientes fechados e principalmente aglomerações;

- Permaneça somente o tempo necessário em ambiente hospitalar; 

- Pacientes que vão a um centro de tratamento oncológico devem ir acompanhados de apenas uma pessoa, e este acompanhante não pode apresentar nenhum sintoma de gripe;

- Visitas hospitalares devem se restringir àquelas estritamente necessárias;

- Pessoas com qualquer sintoma suspeito de gripe devem evitar, ao máximo, aproximar-se de pacientes com câncer;

- Uso de máscara cirúrgica (tanto paciente, quanto familiar que o acompanha).

Além de todas essas recomendações, orienta-se manter-se ativo (respeitando as restrições), ter uma alimentação saudável e ingesta de água adequada. Não se recomenda tratamentos paralelos, como uso indiscriminado de vitaminas C e D, e outras modalidades não comprovadas. Além de ineficazes, podem trazer risco severo à saúde.

Informações retiradas do site da OMS, SBOC e UpToDate.

Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste

Liara Tusset, oncologista clínica – CRM/SC  RQE 18137
Diretora técnica - Katia Bugs – médica - CRM 10375 – Nefrologista - RQE 5333


Fonte: Ascom Hospital Regional
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...