Coronavírus - 04/03/2021 15:39 (atualizado em 06/03/2021 06:05)

Com UTI lotada no hospital, quatro pessoas morrem à espera por vagas em Maravilha

O hospital possui dez leitos e todos estão ocupados. As vítimas desta semana são idosas e dos municípios de São Miguel da Boa Vista e Chapecó
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Divulgação

A falta de leitos de UTI no hospital São José de Maravilha tem custado caro: a vida. Em três dias, quatro pessoas morreram enquanto aguardavam vaga na UTI. O hospital possui dez leitos e todos estão ocupados. As vítimas desta semana são idosas e dos municípios de São Miguel da Boa Vista e Chapecó. Elas estavam na Ala Covid intubadas na ventilação mecânica. 

Vítimas

Conforme o boletim do hospital, terça-feira (2), uma mulher, de 68 anos, de São Miguel da Boa Vista faleceu. Na quarta-feira (3), duas pessoas morreram: um homem de 61 anos e outro de 63. Ambos de Chapecó. Nesta quinta-feira (4), outro homem, de 79 anos, de Chapecó perdeu a vida. Todos aguardavam vagas na UTI. 

Colapso

A situação em que o hospital de Maravilha passa não é diferente dos outros. A UTI do hospital Regional de São Miguel do Oeste, por exemplo, também está lotada, conforme divulgação desta quarta (3). No Estado, a taxa de ocupação geral em Santa Catarina chega a 96%, segundo dados da secretaria estadual de Saúde. Pacientes estão sendo transferidos para outros municípios e regiões para conseguir tratamento. Em Maravilha, um homem de 37 anos foi transferido para a UTI de Joinville. Nesta semana, pacientes de Santa Catarina foram encaminhados para tratamento no estado do Espírito Santos. 

Governo busca leitos na rede particular 

Com os leitos de UTIs esgotados da saúde pública, o governo catarinense busca vagas na rede privada. Na terça-feira (2), a secretaria de Estado da Saúde publicou um edital para contratar leitos pediátricos e adultos em hospitais ou clínicas privadas. A medida visa ampliar a oferta de vagas devido ao aumento de casos da Covid-19. 

A contratação será em forma de diárias em unidades hospitalares que ofereçam assistência  médica multiprofissional,  em  caráter  ininterrupto, com equipamentos  específicos  próprios,  recursos  humanos  especializados. 
Fonte: Cleiton Ferrasso/WH3
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...