SUSPEITOS - 17/04/2021 09:52

Filha e neto são os principais suspeitos de matar idosa com uma tesoura em Chapecó

Uma testemunha flagrou a filha da vítima em uma conversa com “Deus”, onde ela admitia o crime: “Porque eu fui matar aquela ‘véia’? Podia estar em casa nesse momento’
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!

O o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Chapecó, Vagner Papini confirmou que a filha e o neto de Orentina Da Silva Paye, de 89 anos, que foi morta com uma tesourada no pescoço são os principais suspeitos do homicídio.

“Como ninguém entrou na residência, da 00h47, horário que filha e neto da vítima saíram do local e às 7h30, horário que eles retornaram a casa, isso presume que o crime tenha sido praticado pelo neto e filha da vítima. Eles estão na Central de Plantão Policial (CPP), serão autuados em flagrante delito, mas o procedimento ainda está em andamento”, disse Papini.

Conforme Papini, a vítima foi atingida por um golpe fatal na região do pescoço. Antes disso, sofreu vários ferimentos no peito e na região do abdômen. Ferimentos superficiais, feitos com tesoura.

A casa onde a idosa foi encontrada estava toda revirada, mas nenhum objeto foi furtado na residência. Para Vagner Papini, os suspeitos agiram assim para simular um crime de latrocínio. O delegado ainda destacou uma situação do caso muito importante. Uma testemunha flagrou a filha da vítima em uma conversa íntima com ‘Deus’. Nela, a suspeita se pergunta o motivo de cometer o assassinato: “Porque eu fui matar aquela ‘véia’? Podia estar em casa nesse momento”, teria dito a filha da idosa, principal suspeita do assassinato. 

Fonte: CLICRDC
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Entre em contato com a WH3
600

Rua 31 de Março, 297

Bairro São Gotardo

São Miguel do Oeste - SC

89900-000

(49) 3621 0103

Carregando...