LEVANTAMENTO - 24/05/2019 06:51

Projeto Campo Futuro levanta custos de produção agropecuária em Santa Catarina

São Miguel do Oeste e Iomerê receberam painéis sobre avicultura de corte e suinocultura unidade produtora de leitão e de terminação
Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
Painel sobre suinocultura integrada (Unidade Terminação) em São Miguel do Oeste

Dois municípios de Santa Catarina receberam, nessa semana, o projeto Campo Futuro, promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), em parceria com o Sindicato Rural de Videira e Sindicato dos Produtores Rurais de São Miguel do Oeste. O projeto tem por objetivo levantar o custo de produção das principais atividades agropecuárias do agronegócio brasileiro, tendo como parceiros instituições de pesquisa, Federações e Sindicatos Rurais.

O critério de definição das atividades agropecuárias e respectivas regiões está baseado na necessidade de atualização das informações, bem como na inclusão de novos polos produtivos. Nesta etapa foram realizados painéis de levantamento de custos da Avicultura de Corte e Suinocultura Integrada (Unidade Produtora de Leitão), em Iomerê/SC. Em São Miguel do Oeste, ocorreu painel de levantamento de custos da Suinocultura Integrada (Unidade Terminação). Os painéis foram coordenados por Paulo Henrique Silva e Paiva e Liliam Fontes Grossi Lino da empresa Labor Rural, parceira na execução do projeto.

Os participantes dos painéis são produtores rurais e técnicos que identificam, mediante debates e preenchimento de planilhas específicas, o sistema de produção local, bem como seus custos diretos e indiretos.

O presidente do Sistema Faesc/Senar José Zeferino Pedrozo destaca que o objetivo do Campo Futuro é aliar a capacitação do produtor à geração de informações estratégicas do setor rural, contribuindo para tomar decisões assertivas no campo. “Além disso, é importante para o acompanhamento sistemático da evolução dos custos de produção regionais e de análises sobre a rentabilidade das atividades agropecuárias. O projeto possibilita o gerenciamento de preços e do comportamento da produção”, complementa.


VEJA MAIS IMAGENS
Fonte: Raio de Luz FM / Inácio Rohden com informações da MB Comunicações
Publicidade
Publicidade
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...