Viva Bem - 14/02/2020 14:59 (atualizado em 14/02/2020 15:15)

Viva Bem: Prevenção do câncer

Comente agora!
Recomendar correção
Obrigado pela colaboração!
William Casagrande Sanches - médico Oncologista Clínico / Divulgação / Viva Bem

Estimativas mostram que anualmente existem mais de 14 milhões de casos de câncer e 8 milhões de mortes por câncer em todo o mundo. Tanto as medidas de detecção precoce quanto a prevenção podem reduzir a mortalidade pela doença. 

Saiba mais:

O objetivo da prevenção primária é impedir que o câncer se desenvolva, sendo assim, isso inclui evitar a exposição aos fatores de risco de câncer e a adoção de um modo de vida saudável. Por outro lado, o objetivo da prevenção secundária é detectar e tratar doenças pré-malignas (por exemplo, lesão causada pelo vírus HPV ou pólipos nas paredes do intestino) ou cânceres assintomáticos iniciais.

As recomendações gerais de estilo de vida incluem:

- Não fumar 

O tabagismo é responsável por 90% de todas as mortes por câncer de pulmão e está ligado a vários outros tipos de câncer. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes. 

- Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas

A ingestão de álcool, mesmo em quantidades moderadas, aumenta o risco de câncer de cólon, mama, esôfago e orofaringe.

- Praticar atividades físicas

A atividade física está inversamente relacionada ao risco de câncer de cólon e mama. O excesso de peso aumenta o risco de vários cânceres.

- Manter um peso saudável

A obesidade aumenta o risco de muitos tipos de câncer, com uma estimativa de 4,5 milhões de mortes em todo o mundo anualmente causadas por excesso de peso.

- Manter uma dieta rica em frutas, legumes e grãos integrais e com pouca gordura saturada/ trans, carne vermelha e carne processada

O consumo de carne vermelha pode promover câncer de intestino e uma alta ingestão de tomate provavelmente diminui o risco de câncer de próstata.

- Proteger-se contra infecções sexualmente transmissíveis. Vacinar meninas e meninos contra o HPV

A vacinação contra o HPV, disponível no SUS, e o exame preventivo do colo uterino (Papanicolaou) se complementam como ações de prevenção do câncer do colo do útero. O câncer de fígado está relacionado à infecção pelo vírus causador da hepatite B e a vacina é um importante meio de prevenção deste câncer. O Ministério da Saúde disponibiliza nos postos de saúde do País a vacina contra esse vírus para pessoas de todas as idades.

- Evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h, e usar sempre proteção adequada

O câncer de pele está diretamente relacionado à exposição natural e artificial aos raios UV. Uma história de queimaduras solares intensas e bronzeamento artificial, especialmente em jovens e adultos jovens, é de risco particular para melanoma. A exposição cumulativa ao sol tem mais impacto nos cânceres de pele que não são melanoma.

- Realizar exames de rastreio para câncer de mama, colo uterino e de intestino conforme indicado pelo seu médico

Flagrar um tumor em estágio inicial é decisivo para ter sucesso no tratamento e no caso do câncer de mama, colo uterino e de intestino, realizar os exames de rastreio são essenciais para isso. Siga a orientação do seu médico. 

E você? Realiza estas medidas? Repasse esta informação!

William Casagrande Sanches, médico Oncologista Clínico (CRM/SC 26160) (RQE 16670) 
Médica Katia Bugs, diretora técnica - CRM 10375

Fonte: Ascom Hospital Regional
Nenhum comentário enviado
:
Cadastro WH3
Clique aqui para se cadastrar
Carregando...